ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SÁBADO  24    CAMPO GRANDE 28º

Esportes

Volta Redonda assume liderança do Carioca e Fluminense pode deixar G4

Por Estadão Conteúdo | 26/03/2021 20:47
Alef Manga jogador do Volta Redonda comemora seu gol durante partida contra o Fluminense no estádio Elcyr Resende de Mendonça pelo campeonato Carioca 2021. (Foto: Estadão Conteúdo)
Alef Manga jogador do Volta Redonda comemora seu gol durante partida contra o Fluminense no estádio Elcyr Resende de Mendonça pelo campeonato Carioca 2021. (Foto: Estadão Conteúdo)

O Volta Redonda é o novo líder do Campeonato Carioca. Chegou ao topo da tabela ao repetir 2020 e aprontar novamente para cima do Fluminense. Em um jogo bastante disputado e cheio de atrativos, um gol de Alef Manga no fim decretou o triunfo por 3 a 2, em Bacaxá.

Depois de sair em desvantagem por 2 a 0, o Fluminense mostrou poder de reação com Fred, igualou o placar e quando via amadurecer a virada, acabou surpreendido. Os titulares voltaram com sentimento amargo de derrota em um jogo em que o resultado acabou injusto pelo futebol apresentado.

O Volta Redonda fica com um ponto a mais que o Flamengo ao subir para 13, e deixa o Fluminense, com 9, sob risco de deixar o G4 no complemento da rodada, podendo ser ultrapassado por diversos rivais.

Com a proibição do prefeito do Rio da realização de jogos na cidade, o confronto saiu do Maracanã para Bacaxá, em Saquarema. E valia a liderança ao vencedor, o que prometia belo jogo de futebol. E Volta Redonda e Fluminense cumpriram bem com as expectativas.

Ano passado, o Volta Redonda causou pesadelos ao Fluminense. Logo após a pausa por causa da pandemia, as equipes se enfrentaram também pelo Carioca e, com precisão nos contragolpes, o time do interior surpreendeu com vitória contundente por 3 a 0.

Com aquele revés na cabeça, a ideia era não repetir os erros desta vez. A aposta era na volta dos titulares. O técnico Roger Machado imaginava uma grande apresentação com seu time principal descansado e vindo de ótima preparação física e técnica.

Mas, o começo da história parecia um repeteco do duelo de 2020. Com somente 21 minutos, em dois contragolpes em alta velocidade, João Carlos e Alef Manga deixaram o Volta Redonda em situação tranquila na partida. Podiam até ir com 3 a 0 para o vestiário, mas falharam em chance clara.

O resultado, porém, não refletiu o que foi o jogo na primeira etapa. Com os titulares ligados, o Fluminense jogou bem, criou chances, carimbou a trave, parou no goleiro e só não conseguiu balançar as redes.

Quem tem Fred, contudo, pode esperar coisas boas em uma partida de futebol. O atacante prometeu que faria uma grande temporada e começou a cumprir com as palavras após o descanso.

Em um segundo tempo seguindo a mesma tônica, com Volta Redonda apostando nos contragolpes e o Fluminense em cima, foi a vez de a história ser escrita de maneira diferente. Em 25 minutos, o artilheiro anotou duas vezes, em grande poder de reação e demonstração de força dos comandados de Roger. Fred chegou a 179 gols em 317 jogos pelo clube das Laranjeiras.

Restavam 20 minutos para a virada ou para o Volta Redonda mostrar que não está entre os melhores à toa. Valeu, de novo, o lançamento longo e o oportunismo de Alef Manga. Colocou o time do interior na liderança com gol no fim e decretou um duro golpe ao Fluminense, que merecia melhor sorte.

Campo Grande News - Conteúdo de Verdade


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário