ACOMPANHE-NOS    
NOVEMBRO, SEGUNDA  23    CAMPO GRANDE 33º

Jogo Aberto

Coronavírus turbina perfil de estudante da família Zahran

Por Marta Ferreira e Leonardo Rocha | 14/03/2020 07:00
Ueze Zahran aparece de máscara cirúrgica em postagem do Instagram, após diagnóstico de coronavírus. (Foto: Reprodução)
Ueze Zahran aparece de máscara cirúrgica em postagem do Instagram, após diagnóstico de coronavírus. (Foto: Reprodução)

Turbinada - O estudante universitário Ueze Zahran Stamatis, 27 anos, ampliou em 40% o número de seguidores depois de divulgar que está com novo coronavírus. Neto do empresário sul-mato-grossense Ueze Zahran, já falecido, o rapaz mora em São Paulo (SP). A namorada dele, Thay Aguiar, que é de Campo Grande, também ampliou o universo de pessoas que a acompanham na rede social, depois dos boatos de que também estaria doente, informação negada.

BBB do coronavírus - Em seu perfil no Instagram, Ueze está divulgando sua rotina após a constatação médica. Depois de publicar inclusive o resultado exame e orientar as pessoas a fazer o teste se sentirem necessidade, ontem apareceu usando máscara e com a refeição que faria em mãos. Também contou ter dispensado a cozinheira da casa, por ter "mais idade", para evitar risco de contágio.

Caminho do meio
- A senadora Simone Tebet (MDB) fugiu da polarização política ao definir nesta sexta-feira (13) que não se enquadra na direita e nem na esquerda. "Na parte econômica sou mais liberal, porém nos costumes digo que sou progressista, com preocupação com o social, então sou chamada de esquerda", avaliou.

Procurada: Simone chegou à Assembleia Legislativa para discutir a participação da mulher na política, e já brincou dizendo que evitaria abraços e cumprimentos. Mas, ao final do evento, havia fila de mulheres querendo tirar foto com ela. Todas foram atendidas.

Falta muito - A deputada federal Rose Modesto (PSDB) relembrou as eleições de 2016 para comentar que ainda existe “muito preconceito” com as mulheres na política. Citou o questionamento do corte de cabelo durante a disputa eleitoral pela prefeitura de Campo Grande.

Em Brasília também - Eleita deputada federal em 2018, Rose diz não ter se livrado das indagações de cunho machista. "Lá no Congresso me perguntaram por quê não vou para sessões de vestido e salto alto".

Só com apoio - Rose voltou a dizer estar à disposição para disputar a prefeitura de Campo Grande pelo PSDB. Para isso, condiciona, precisa do aval do partido. "Se me derem a legenda vou para disputa".

Planos - A vice-prefeita Adriane Lopes (Patri) fala em definir só em junho seu futuro político. Diz também não não descartar sair novamente candidata na chapa com Marquinhos Trad (PSD).

Um terço – Em Mato Grosso do Sul, 30 % das autoescolas não atingiram média necessária de aprovação dos candidatos a Carteira Nacional de Habilitação nos exames práticos. Os dados são do Detran.

Resultados - Dos 139 centros de formação de condutores, 133 tiveram média de aprovação superior a 60%. Com relação aos exames teóricos, o índice foi de 86% das autoescolas alcançando a média. Os dados foram divulgados pelo diretor-presidente do Detran, Rudel Trindade, e fazem referência aos testes aplicados no mês de fevereiro de 2020.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário