A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


08/07/2013 06:07

Nova "bomba" contra reitora vem aí

.

Vem mais por aí  - A situação da reitora da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Célia Maria, que se complicou bastante depois da acareação com José Carlos Dorsa, ex-diretor do Hospital Universitário (HU), na CPI da Saúde, pode se tornar insustentável nesta semana.

Próximos capítulos - Há uma gravação de conversa da reitora da UFMScom outro personagem envolvido no esquema de fraudes na fgestão da Saúde, apurado pela Operação Sangue Frio. A promessa é de divulgar a "bomba" brevemente.

Tucano em festa "comunista" - O deputado federal Reinaldo Azambuja (PSDB) participou da festa de 50 anos do colega Márcio Bittar, do mesmo partido, no último sábado. Bittar, que é o 1º secretário da Mesa Diretora da Câmara Federal, começou sua militância política em Campo Grande, tendo sido filiado do PCB (Partido Comunista Brasileiro).

Das antigas - A festa reuniu amigos, a maioria ex-comunistas, que fizeram movimento estudantil em Campo Grande, mas também ex-dirigentes do Partidão, como Fausto Matto Grosso, Celso Pereira, o ex-deputado Ricardo Bacha e sua esposa Jucimara, o ex-vereador Athayde Nery (presidente regional do PPS, sucessor do PCB) e a vereadora Luiza Ribeiro, entre outras lideranças. 

Comissão de festa - Durante a comemoração para Márcio Bittar, destacou-se também a participação ativa do conselheiro Waldir Neves, do Tribunal de Contas do Estado. Neves começou a vida política junto com Márcio, que presidiu a União Campo-grandense de Estudantes (UCE) enquanto ele foi vice no começo da década de 80.

Também quero - Entusiasmado por reencontrar antigos companheiros de movimento estudantil, Waldir sugeriu e empossou uma comissão para organizar uma nova festa, talvez a de seu aniversário no ano que vem.

Santo - O juiz Odilon de Oliveira faz palestra amanhã sobre o tema que mais domina: tráfico de drogas. Famoso Brasil afora como terror dos narcotraficantes, desta vez a participação dele será bem mais modesta, o encontro será no salão de festas da Paróquia São João Bosco, em Campo Grande.

Família - A ideia não é falar sobre o que normalmente discurso, como tráfico internacional e lavagem de dinheiro. O tema será “A importância da Família, da Escola e da Igreja na Prevenção do Uso de Drogas”.

Protagonista - O juiz tem sido lembrado com frequencia nos últimos dias, por ser um dos protagonistas do livro censurado pela Justiça que trata da instalação de Câmeras no Presídio Federal de Campo Grande, escrito pelo delegado aposentado Paulo Magalhães, assassinado no mês passado.

Revolta dos reprovados - Contra a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), a "Ordem dos Bacharéis do Brasil" entrou com ação coletiva para pedir o fim do exame da Ordem. A alegação é de que o processo é "ilegal e imoral, um instrumento desonesto que gera milhões de reais anualmente a custa do desemprego e da miséria, sem que saibamos o destino de tanto dinheiro".

Já tem gente curtindo a folga de fim de ano
Fim de expediente - Enquanto o recesso parlamentar terá início no próximo fim de semana, quando algumas prefeituras também suspendem as atividades pa...
A missão espinhosa de Marun
Casa cheia - No discurso em que saudou Carlos Marun como seu novo ministro da Secretaria de Governo, Michel Temer disse ter ficado preocupado com a p...
Só praças estão presos por cobrar propina
Só praças – A investigação sobre o envolvimento de policiais militares com a “Máfia do Cigarro” indica que, por ora, não há oficiais entre os policia...
Pezão pede dica a Reinaldo sobre dívida
Pedido de ajuda - Ao anunciar ontem o depósito do décimo-terceiro salário dos servidores, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) reforçou o discurso d...


João Medina, o índice de reprovação no exame da OAB é alto devido, única e exclusivamente, á péssima qualidade das faculdades de Direito em nosso país, em especial as particulares, que só focam o lucro! Mas, se o bacharel se esforçar e estudar um pouco mais, passa tranquilamente na prova.
 
MARCELLO MENDES em 08/07/2013 13:11:40
O acadêmico termina a faculdade e saí des preparado e a culpa é da prova?
 
Cyro Escobar em 08/07/2013 12:46:45
Eu ja acho absurdo o fato de um estudante de direito passar cinco anos nos bancos da academia/faculdade, fazer cursinhos, ter todo um suporte por parte da Universidade, que tem, e nao passar em uma prova do exame da Ordem. Incompetencias a parte, sou super a favor do exame da ordem. Interessante que eu ja vi academicos passarem no primeiro exame que fizeram, e que só foram ao curso, nos dias de prova. sera mesmo o exame o problema?
 
Antonio Carlos em 08/07/2013 11:57:56
CONCORDO COM A OBB, NUNCA OUVI FALAR EM PRESTAÇÃO DE CONTAS DA OAB, SEM CONTAR QUE O ÍNDICE DE REPROVAÇÃO DE BACHARÉIS É MUITO GRANDE, ALGUMA COISA TEM QUE SER FEITO.
 
JOAO MEDINA em 08/07/2013 09:23:15
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions