ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, SÁBADO  18    CAMPO GRANDE 31º

Jogo Aberto

Para acabar com "exageros", Câmara vai mudar regimento

Por Adriel Mattos e Caroline Maldonado | 15/09/2021 06:00
Tiago de boné e Sandro de chapéu durante sessões da Câmara. (Foto: Izaias Medeiros/CMCG)
Tiago de boné e Sandro de chapéu durante sessões da Câmara. (Foto: Izaias Medeiros/CMCG)

Revisão - Os vereadores de Campo Grande estudam mudanças no regimento interno da Câmara para uniformizar o andamento das sessões. Uma comissão foi criada após parlamentares "exagerarem" nos discursos e em adereços.

Acessórios - Tiago Vargas (PSD) usou boné e Sandro Benites (Patriota) colocou chapéu durante algumas sessões, em que aproveitaram o momento para manifestações de apoio ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Benites chegou a tocar berrante no plenário.

Exceção? - A situação causou constrangimento, já que a Casa é bem rígida com as vestimentas de servidores e visitantes. Não é permitido que assessores entrem no plenário sem blazer ou paletó e nem que visitantes entrem de bermudas, por exemplo.

Necessário - No entanto, o vereador Otávio Trad (PSD) garante que a revisão no regimento já era uma vontade antiga dos parlamentares e agora, deve sair do papel. Segundo ele, serão discutidas várias questões, como, por exemplo, os prazos que os parlamentares terão para discursar, regras de funcionamento de comissão processante e até a implantação do voto eletrônico.

Pra que lado eu vou - O deputado estadual Marcio Fernandes (MDB) considera que a decisão do ex-governador André Puccinelli de sair candidato ao governo do Estado é pessoal. “Ele precisa dizer ‘quero ser candidato’”, diz. E ainda se refere ao secretário estadual de Infraestrutura, Eduardo Riedel, eventual candidato do PSDB, como “amigo e de um perfil de bom gestor”.

Não vacinou, não entra - Entra em vigor nesta quarta-feira (15), decreto da prefeitura do Rio de Janeiro que restringe a circulação de não vacinados contra a covid-19. O TJRJ (Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro) negou liminar que suspenderia o “passaporte da vacina”.

Estudando - Já o governo de Mato Grosso do Sul ainda estuda se irá impor a medida. Em Campo Grande, a prefeitura chegou a descartar a ideia, apesar de vários projetos tramitarem na Câmara.

Visita - O TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral) abre as portas na sexta-feira (14), para três ministros do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), para lançar o livro “COJE, Informação e Sustentabilidade: Edição especial de 10 anos”. O Colégio de Ouvidores da Justiça Eleitoral tem como um dos membros o juiz do TRE, Daniel Castro Gomes da Costa.

Quem vem? - O detalhe é que ainda não se sabe quem são os ministros que virão ao Estado. O TRE ainda não recebeu a confirmação dessa agenda.

Bon voyage - O que já é confirmado é que a comitiva não inclui o presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso. É que ele viajou para a Rússia para atuar como observador em eleições locais.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário