A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 24 de Maio de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


23/07/2014 06:00

Puccinelli conversa com candidatos com chance de ganhar eleição

Edivaldo Bitencourt

Autores – O presidente da Câmara Municipal, Mario Cesar Oliveira Fonseca (PMDB) vai receber o título de Cidadão Campo-Grandense em agosto. A homenagem foi proposta pelos vereadores Chocolate (PP) e Paulo Siufi (PMDB). A assessoria informou que não houve uma auto homenagem.

Perito – Quatro meses depois da eleição, o governador André Puccinelli (PMDB) nomeou o coordenador geral de Perícias. Ele escolheu o perito papiloscopista José Bento Corrêa.

Dinheiro – Enquanto a maioria dos candidatos economiza na campanha, há candidata a uma vaga no legislativo que não tem poupado gastos. Candidata pela primeira vez, ela tem recorrido a um exército de cabos eleitorais para garantir a eleição.

Viagem – O PMDB segue mais tranqüilo com o cancelamento da viagem do governador André Puccinelli aos Estados Unidos.Caso ele se afastasse, o comando do Estado ficaria por 15 dias com o presidente da Assembleia, Jerson Domingos (PMDB), que apóia o candidato da oposição, Delcídio do Amaral (PT).

Vitrine – O governador faz questão de inaugurar o Aquário do Pantanal ainda neste ano. O objetivo é não correr o risco de deixar para o sucessor uma obra inacabada, que passaria de vitrine a vidraça da atual administração.

Obras – Puccinelli começou, na segunda-feira, a inauguração de obras de infraestrutura. Até o fim do ano, a maior parte das obras serão de pavimentação e recapeamento das rodovias estaduais. Mas o pacote de conclusão de mandato também tem obras na educação, saúde e turismo.

Destino – O novo governador de Mato Grosso do Sul vai decidir o modelo de gestão do Aquário do Pantanal, que deve atrair turistas e custar R$ 120 milhões. Segundo Puccinelli, ele poderá repassá-lo à iniciativa privada por meio de concessão, vendê-lo e até demoli-lo.

Diálogo seletivo – O governador vem conversando com os três principais candidatos ao Governo estadual. Com Nelson Trad Filho, o diálogo é pessoalmente. Com Delcídio do Amaral e Reinaldo Azambuja (PSDB), o diálogo é feito por meio de interlocutores. O objetivo é garantir a continuidade dos projetos considerados importantes para o atual gestor.

Quem, onde? - Puccinelli só vem conversando com quem tem chances de sucedê-lo no cargo. Ele até brincou com um dos nanicos, o candidato do PSTU, Marco Antônio Monje. “Tem um tal de Monje, não se está em Campo Grande ou no Himalaia como budista”, disse, aos risos.

Exemplo - O ex-prefeito e ex-senador Lúdio Coelho foi lembrado como exemplo, ontem, pelo governador André Puccinelli. Apesar de ser rico e um grande fazendeiro, ele só ajudava os candidatos com “prestígio” e tirando fotos. O peemedebista garantiu que conseguiu uma doação de R$ 5 mil uma vez e comemorou a façanha.

(colaborou Lidiane Kober e Leonardo Rocha)

Gaeco tem suspeita de vazamento
Desconfiança – O Gaeco (Grupo de Atuação de Combate ao Crime Organizado), responsável pela investigação que aponta envolvimento de policiais militare...
DEM e a disputa entre André e Reinaldo
Já escolhi - Sobre a declaração de Puccinelli que estaria "namorando" o DEM, o deputado Zé Teixeira fez brincadeira para dizer de qual lado da disput...
Maioria prefere Lava Jato à Copa do Mundo
Copa? – Pesquisa do Instituto Paraná mostra que, a menos de um mês do Mundial da Rússia, o brasileiro não está muito motivado com o assunto. A consul...
Ex-ministro não errou o “do Sul”, mas...
Gafe - O ex-ministro Henrique Meireles (MDB) em um dos diversos discursos no evento em Campo Grande neste sábado (19) confundiu Mato Grosso do Sul co...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions