A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


23/07/2014 06:00

Puccinelli conversa com candidatos com chance de ganhar eleição

Edivaldo Bitencourt

Autores – O presidente da Câmara Municipal, Mario Cesar Oliveira Fonseca (PMDB) vai receber o título de Cidadão Campo-Grandense em agosto. A homenagem foi proposta pelos vereadores Chocolate (PP) e Paulo Siufi (PMDB). A assessoria informou que não houve uma auto homenagem.

Perito – Quatro meses depois da eleição, o governador André Puccinelli (PMDB) nomeou o coordenador geral de Perícias. Ele escolheu o perito papiloscopista José Bento Corrêa.

Dinheiro – Enquanto a maioria dos candidatos economiza na campanha, há candidata a uma vaga no legislativo que não tem poupado gastos. Candidata pela primeira vez, ela tem recorrido a um exército de cabos eleitorais para garantir a eleição.

Viagem – O PMDB segue mais tranqüilo com o cancelamento da viagem do governador André Puccinelli aos Estados Unidos.Caso ele se afastasse, o comando do Estado ficaria por 15 dias com o presidente da Assembleia, Jerson Domingos (PMDB), que apóia o candidato da oposição, Delcídio do Amaral (PT).

Vitrine – O governador faz questão de inaugurar o Aquário do Pantanal ainda neste ano. O objetivo é não correr o risco de deixar para o sucessor uma obra inacabada, que passaria de vitrine a vidraça da atual administração.

Obras – Puccinelli começou, na segunda-feira, a inauguração de obras de infraestrutura. Até o fim do ano, a maior parte das obras serão de pavimentação e recapeamento das rodovias estaduais. Mas o pacote de conclusão de mandato também tem obras na educação, saúde e turismo.

Destino – O novo governador de Mato Grosso do Sul vai decidir o modelo de gestão do Aquário do Pantanal, que deve atrair turistas e custar R$ 120 milhões. Segundo Puccinelli, ele poderá repassá-lo à iniciativa privada por meio de concessão, vendê-lo e até demoli-lo.

Diálogo seletivo – O governador vem conversando com os três principais candidatos ao Governo estadual. Com Nelson Trad Filho, o diálogo é pessoalmente. Com Delcídio do Amaral e Reinaldo Azambuja (PSDB), o diálogo é feito por meio de interlocutores. O objetivo é garantir a continuidade dos projetos considerados importantes para o atual gestor.

Quem, onde? - Puccinelli só vem conversando com quem tem chances de sucedê-lo no cargo. Ele até brincou com um dos nanicos, o candidato do PSTU, Marco Antônio Monje. “Tem um tal de Monje, não se está em Campo Grande ou no Himalaia como budista”, disse, aos risos.

Exemplo - O ex-prefeito e ex-senador Lúdio Coelho foi lembrado como exemplo, ontem, pelo governador André Puccinelli. Apesar de ser rico e um grande fazendeiro, ele só ajudava os candidatos com “prestígio” e tirando fotos. O peemedebista garantiu que conseguiu uma doação de R$ 5 mil uma vez e comemorou a façanha.

(colaborou Lidiane Kober e Leonardo Rocha)

A missão espinhosa de Marun
Casa cheia - No discurso em que saudou Carlos Marun como seu novo ministro da Secretaria de Governo, Michel Temer disse ter ficado preocupado com a p...
Só praças estão presos por cobrar propina
Só praças – A investigação sobre o envolvimento de policiais militares com a “Máfia do Cigarro” indica que, por ora, não há oficiais entre os policia...
Pezão pede dica a Reinaldo sobre dívida
Pedido de ajuda - Ao anunciar ontem o depósito do décimo-terceiro salário dos servidores, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) reforçou o discurso d...
Após "perder" cargo, deputado muda o tom
Mudou – Antes cotado para assumir uma secretaria do governo do Estado, o deputado Coronel David (PSC) está agindo ultimamente como oposição ao Govern...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions