A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


10/05/2011 06:00

Sem efeito

Jogo Aberto

Famoso pela operação que derrubou meio mundo na prefeitura de Dourados em 2010, o delegado Bráulio Galloni, da Policia Federal de Dourados, foi promovido e virá para Campo Grande chefiar núcleo de combate ao crime organizado.

Ao inaugurar ontem centro olímpico indígena em Dourados, o governador André Puccinelli não poupou uma das maiores inimigas dele desde que asssumiu o Estado, chamou a Funai de imperialista. "Não nos deixa entrar na Reserva (guarani). Já encaminhamos dois ou três requerimentos nos propondo a por policiamento na reserva indígena, mas nunca tivemos autorização”

Depois de meses evitando falar muito sobre o caso, o juiz Odilon de Oliveira resolveu partir para o ataque e rebater as acusações de agentes federais que foram demitidos na sexta. Documentou sua defesa e enviou até funcionário para entregar em mãos ao Campo Grande News* cópias de depoimentos de preso que acusa os ex-servidores de tentar "comprar" declarações falsos contra o juiz.

O teor do depoimento em juízo do assaltante do Banco Central, José Reinaldo Girotti, o Alemão, é , no mímino, de espantar. Depois de supostamente ter acusado autoridades de pedirem dinheiro para beneficiar o traficante Juan Carlos Abadia, mudou toda a conversa e relatou que foi torturado e dopado no Presídio Federal de Campo Grande.

Dessa briga toda, que envolve de escutas clandestinhas, gravações de visitas íntimas a tortura, a certeza é que algo errado ocorre dentro da unidade criada para ser uma das mais seguras do País. Ou as gravações existem e os agente foram perseguidos por denunciarem o caso ou o fato real é a tortura, com servidores dopando presos para forjar provas sem qualquer controle.

O que não falta ultimamente é história mal contada pelo Estado. A morte de um PM no domingo em Dourados, assassinado por um policial federal, mostra, no mímino, que nem o serviço reservado da Polícia Militar, nem o agente federal sabem o que é preparar uma ação ou evitar um confronto.

Informação divulgada no domingo, que chama atenção por vir de um ex-assessor do Cene, especulou que o Furacão Amarelo fechou acordo com o Corinthians e deve mudar seu nome para Cene-Corinthians ou até Corinthians MS. Acordo similar ocorreu com o J. Malucelli, do Paraná, que passou a se chamar Corinthians-PR.

No clube paranaense, a parceria com o time do Parque São Jorge não envolve investimento, mas ações conjuntas de marketing e intercâmbio de jogadores. Além disso, o Timão tem preferência na contratação das revelações da filial.

Ao contrário do rival cenista, que tem a melhor campanha do Estadual até agora, o Operário não vive bom momento e figura como um dos canditados ao rebaixamento. Para se ter uma ideia, a equipe perdeu, na última rodada, para o Rio Verde, lanterna do seu grupo. O detalhe é que em 10 partidas, a equipe de Rio Verde perdeu nove vezes e conseguiu sua primeira vitória justamente sobre o Galo.

A Agência Estadual de Metrologia ligada ao Inmetro encontrou 707 produtos com irregularidades durante a Operação Especial “Dia das Mães”, para fiscalizar as etiquetas de roupas femininas. O detalhe é que o resultado só foi divulgado ontem, depois dos presentes comprados e entregues.

Após "perder" cargo, deputado muda o tom
Mudou – Antes cotado para assumir uma secretaria do governo do Estado, o deputado Coronel David (PSC) está agindo ultimamente como oposição ao Govern...
Reinaldo apoia crescimento dos evangélicos
Decisão divina - Palestrante principal do Fórum Evangélico realizado nesta segunda-feira em Campo Grande, a cantora e pastora Damares Alves disse que...
2018 será ano mais curto para o Legislativo
Três meses – Carnaval, Semana Santa, campanhas eleitorais, Copa... Tudo isso encurta 2018 para os trabalhos legislativos. A observação é de Fábio Tra...
Máfia do Cigarro passa quase livre nas estradas
Esquema antigo - A atuação da Máfia do Cigarro em Mato Grosso do Sul vem de décadas e, de tempos em tempos, surge uma nova denúncia envolvendo polici...


Muito bom, Valdemir, vc e o cara!
 
Julio Abreu de Lima Cordeiro em 13/05/2011 08:58:05
O juiz odilon de oliveira estranhamente busca apoio do próprio preso que o denunciou para safar-se das acusações. Vejamos, a denúncia de que o preso havia dito que odilon de oliveira "achacou" o traficante Juan Carlos Ramirez Abadia foi levada ao procurador da República ramiro rockenbach 30/11/2009, bem antes da demisão dos agentes. O procurador ao ser informado não fez nada. meses mais tarde, quando o advogado Paulo Magalhães representou o procurador junto ao CNMP pela inércia, o procurado em sua defesa negou que os agente Valdemir Ribeiro Albuquerque, Yuri Mattos Carvalho e Francisco Florisval Freire tivessem feito a denúncia a ele. Mentiu e o desafio publicamente a provar que não foi informado. Agora, se todos as doutas autoridades são tão honestas quanto querem fazer crer a população desavisada, por que mentir e destruir a vida de trabalhadores que sabem inocentes e de seus familiares?
Espero que não inventem nada para fazer busca e apreensão a fim de destruir as provas que todos os demitidos e outras pessoas as possuem. Obs.: em nossas casa obviamente não encontrarão nada.
 
VALDEMIR RIBEIRO ALBUQUERQUE em 10/05/2011 10:23:01
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions