ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, SEGUNDA  24    CAMPO GRANDE 26º

Consumo

Cafezinho pode ficar bem mais caro se não pesquisar, variação chega a 59%

A porcentagem representa aproximadamente R$ 5 de diferença entre os produtos

Por Geniffer Valeriano | 13/05/2024 13:06
A gente do procon durante pesquisa de preços (Foto: Divulgação)
A gente do procon durante pesquisa de preços (Foto: Divulgação)

Na Capital, café é vendido com variação de preço de 59%, aponta pesquisa do Procon Municipal divulgada nesta segunda-feira (13). A porcentagem representa aproximadamente R$ 5 de diferença entre os produtos.

Para realizar o levantamento, equipes do órgão municipal visitou 6 supermercados e 4 redes atacadistas. Ao todo, foram pesquisados os valores de 43 produtos disponíveis nos estabelecimentos.

O café da marca pilão foi o produto que mais sofreu variação. O produto de 500g foi encontrado com o menor valor no Carrefour, sendo vendido por R$ 12,49. O maior valor registrado pela equipe foi o de R$ 19,90, no Assaí.

Entre os produtos com 250 gramas, o produto com maior variação de preço foi da marca Três Corações. O menor valor de R$ 7,25, foi localizado no Atacadão. Já o maior valor de 11,49 foi registrado no supermercado Nunes. A variação do produto chegou a 58,48%. Veja a lista completa dos produtos pesquisados clicando aqui.

A recomendação dada pelo Procon Municipal é a realização de pesquisa antes de comprar o produto. “Além disso, é essencial lembrar que preço não deve ser o único fator considerado, a qualidade do produto também deve ser levada em conta”, destaca o subsecretário José da Costa Neto.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias