ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SEXTA  23    CAMPO GRANDE 31º

Diversão

Longe de ser pesada, banda de heavy metal aposta em letras de esperança

Adulfe lançou o EP “Decadência”, com 5 faixas que trazem nas letras mensagens positivas, diferente de muitas bandas de heavy metal

Por Lucas Mamédio | 18/02/2021 07:57
Parte do clipe de "Time For Change" (Foto: Divulgação)
Parte do clipe de "Time For Change" (Foto: Divulgação)

Heavy metal é uma vertente de rock, que como diz o próprio nome, é pesada. Não sendo uma regra, muitas bandas aproveitam os rifs altos da guitarra para aliar à letras mais sombrias, de revolta, que seria, em tese, mais coerente com o ritmo.

Em Três Lagoas, a 326 quilômetros de Campo Grande, uma banda de heavy metal, a Adulfe, acaba de lançar seu EP com músicas que, de certo modo, subvertem essa lógica.

“Decadência”, nome do Ep, traz cinco músicas, todas com letras que falam de esperança, volta por cima, capacidade de mudar, resistir, assim como mostra cada nome das faixas.

“Bom, o processo de criação das letras depende muito de como é criado o instrumental. Se o som for agressivo e tenha intenção de chamar atenção a gente volta para um perfil de letra mais firme carregada de experiências vivenciadas por nós ou amigos próximos. No caso do EP “Decadência” foram 5 músicas e cada uma delas representa uma experiência de um integrante da banda”, conta Matheus Siqueira, guitarrista e um dos fundadores da Adulfe.


Além de Matheus, a banda conta com Rodrigo Garcia no vocal, Bruno Castro que faz guitarra base, Otavio Siqueira no contra-baixo e Marcos Phelipe, o PH na Bateria.

A banda surgiu quando todos ainda eram pequenos. O pai de Matheus, PH e Otavio todas as semanas iam a igreja, e ao ouvir guitarra, baixo e bateria o interesse foi surgindo pelo instrumento. Com o passar dos anos cada um foi ganhando de presente seu instrumento e foram tocando em casa, criando músicas, fazendo cover entre demais coisas.

“Com essa atual formação foi feito um ano de ensaio e criação de harmonia, melodia e ritmo e depois a inserção da letra das cinco músicas do EP e a concretização do projeto em áudio e vídeo”, explica Matheus.

Umas das músicas, “Time For Change”, já tem clipe. “Essa música é a mais antiga da banda, instrumental existe a 10 anos e inicialmente seria em português, mas, no fim decidimos falar em inglês, tratando a depressão, sobre como a pessoa se sente com a depressão, as vontades de morrer, os desejos obscuros no olhar, porém, um fator ajuda a pessoa a se libertar dessa enfermidade que é a música, ela tem poder de curar, traz boas sensações e muita energia positiva”.

Sobre as letras Matheus acha que as letras da Adulfe são apenas mais uma das vertentes que esse imenso universo do rock proporciona. “O Heavy metal e suas vertentes tem essa estética agressiva, mas, muitas bandas tratam emoções físicas, psicológicas entre outros fatores. É claro que, sempre tem a parcela que cria um conteúdo pesado, carregado de ódio, desgraça e intriga, porém, faz parte da cultura de criação de cada pessoa voltado ao estilo. Existem muitas vertentes dentro rock, desde as mais leves até as mais pesadas”.

“Decadência” está disponível nas principais plataformas digitais. Confira neste link.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário