A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 19 de Agosto de 2019

05/03/2018 07:55

Itália foi o destino escolhido por Samia para experiência incrível de 15 dias

Thaís Pimenta
Família se aventurou por cerca de 15 dias em terras italianas. (Foto: Acervo Pessoal)Família se aventurou por cerca de 15 dias em terras italianas. (Foto: Acervo Pessoal)

Samia Sales deixou Campo Grande no fim de 2017 para viver uma experiência única junto à família em terras italianas. Ao lado da estudante, a irmã Bárbara Paganini, o pai Renato Paganini e a mãe Fátima Sales.

Foram cerca de 15 dias passeando por paisagens históricas, depois de cinco meses planejando todos os detalhes da viagem. "Não teve um momento da viagem que fosse possível achar a paisagem feia ou algo do tipo, lá cada detalhe é único", descreve.

Ao todo, cada um doa integrantes gastou cerca de R$ 15 mil, vlaor que inclui passagem, hospedagem e compras no país das massas! 

Eles chegaram direto em Roma e lá ficaram por três dias. Samia diz que se encantou com uma cena observada. "Eu fiquei assistindo um cara tocando violoncelo em Roma, no calçadão, em frente ao Panteão, e acho que foi um momento muito foda, talvez um dos mais bonitos da viagem", diz.

A Torre de Pisa, em Toscana. (Foto:Acervo Pessoal)A Torre de Pisa, em Toscana. (Foto:Acervo Pessoal)

De Roma, eles partiram para Florença. Na cidade, passearam por cinco dias. "Conheci quase a Toscana inteira, Siena e San Giminiano, fui até em Pisa", completa.

De acordo com Samia, a herança que os séculos deixaram para a cidade pode ser traduzida em uma preocupação rara com a beleza. Cada centímetro da cidade de Florença para ter sido planejados.

Monumentos como o Duomo, com seus mármores verdes, brancos e rosas, impressionam. A cúpula, vista de vários ângulos da cidade, está lá para mostrar que Florença é, sem dúvida, uma das cidades mais importantes e belas da Itália. 

O tradicional roteiro da Toscana foi feito pela família sem ajuda de ninguém, nem mesmo de guia turístico. "Alugamos um carro e fomos, admirando cada cantinho. Ficamos sob o sol de Toscana, como dizem".

Depois foram direto para Veneza, ficaram por três dias andando pelas ruelas e vilas que mais parecem um labirinto de tão semelhantes, e encerraram a viagem em Milão, destino no qual ficaram por dois dias porque a passagem de volta era mais barata de lá.

 

Coliseu Romano. (Foto:Acervo Pessoal)Coliseu Romano. (Foto:Acervo Pessoal)

O clima de cada cidadela é, segundo Sâmia, incrível. "É muita história em cada monumento, em ruínas. A natureza convive com esses prédios históricos. As flores, o clima mesmo, o céu, parece que tudo orna", diz. De todas as paisagens, as preferidas foram as de Toscana, de Veneza e Florença.

Ainda de acordo com a estudante, o povo italiano tem fama de grosseiro, mas na verdade, são muito receptivos. "Eles são muito acolhedores. Em todos os lugares fomos muito bem recepcionados", completa.

E como não tem como falar de Itália sem falar de comida, a estudante confirma: "a comida é muito boa!". A família inclusive optou por hotéis sem luxo, com conforto, para economizarem, e assim poder comer nos restaurantes. "As pizzas e massas são um caso a parte", finaliza.


Curta o Lado B no Facebook e no Instagram.

imagem transparente

Classificados


Copyright © 2019 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.