A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

29/11/2012 16:52

Giroto apresenta R$ 450 milhões em emendas para saúde e transportes

Nícholas Vasconcelos
Giroto se reuniu com a bancada e vai apresentar emendas de  R$ 450 milhões para saúde e transporte. (Foto: Divulgação)Giroto se reuniu com a bancada e vai apresentar emendas de R$ 450 milhões para saúde e transporte. (Foto: Divulgação)

O deputado federal Edson Giroto (PMDB) apresentou três emendas ao orçamento geral da União de 2013 que totalizam R$ 450 milhões para atender os setores de saúde e transporte rodoviário. As propostas são emendas de bancada e serão encaminhadas hoje (29) para Comissão Mista de Planos, Orçamentos e Fiscalização, do Congresso Nacional.

Deste total, o maior valor é para o setor de saúde, totalizando R$ 300 milhões. Uma das emendas, apresentada em conjunto com os deputados federais Mandetta (DEM) e Fábio Trad (PMDB), no valor de R$ 200 milhões é para estruturar a rede de serviços de atenção básica de saúde, em Mato Grosso do Sul.

Outra, no valor de R$ 100 milhões, em conjunto com o deputado Fábio Trad, é para construir e implantar o Centro de Terapia Celular na UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul).

“A terapia celular, que é o tratamento médico utilizando células tronco, tem contribuído para o estabelecimento de novos conceitos na Medicina Regenerativa, atendendo idosos e crianças portadoras de deficiência física, sendo usada, cada vez mais, no tratamento de doenças crônicas e traumáticas. A terapia celular tem sido usada para buscar a cura de cardiopatias, neuropatias, endocrinopatias entre outras doenças, com resultado muito bom”, destacou Giroto.

O deputado ressaltou ainda que as duas emendas são para atender a demanda muito grande no setor de saúde que existe em Campo Grande e em todo o Estado. “A nossa proposta é dotar Campo Grande de um centro de referência nacional no tratamento de doenças utilizando células tronco”.

Para o setor de transporte, Giroto e Trad apresentaram emenda no valor de R$ 150 milhões para pavimentação da BR-483, da divisa de Mato Grosso do Sul com o Estado de Goiás, até o entroncamento com a BR-497, próximo ao limite urbano de Paranaíba. De acordo com Giroto, a rodovia vai proporcionar redução no valor do frete rodoviário que os produtores pagam para escoar a produção agrícola, além de encurtar o tempo de viagem dos moradores da região e diminuir os custos com a manutenção dos carros.

Estas emendas de bancada serão apresentadas na Comissão pelo coordenador da bancada federal, senador Waldemir Moka (PMDB), passarão pelo relator e depois serão apreciadas no plenário do colegiado para seguir para votação no plenário do Congresso Nacional.

Reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, diz Meirelles
A reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, de acordo com o ministro da Fazenda Henrique Meirelles. A declaração foi dada na noite de...
Quanto mais reforma demorar, mais dura será correção, diz ministro
Caso o governo não consiga aprovar a reforma da Previdência ainda este ano, conseguirá em 2018, disse hoje (11) o ministro do Planejamento, Dyogo Oli...


PARABÉNS GIROTO E FÁBIO TRAD...
 
Douglas Gomes em 01/12/2012 12:35:12
Giroto trabalha!
 
Carlos Nunes em 29/11/2012 21:59:18
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions