ACOMPANHE-NOS    
MAIO, SÁBADO  30    CAMPO GRANDE 29º

Política

À imprensa nacional, Mandetta elogia leitura de Marquinhos sobre pandemia

Ministro diz que preocupação do prefeito é organizar melhor o setor de saúde antes do vírus chegar a periferia

Por Leonardo Rocha | 28/03/2020 19:00
Minsitro Luiz Henrique Mandetta, durante entrevista neste sábado (Foto: Marcello Casal Jr Agência Brasil)
Minsitro Luiz Henrique Mandetta, durante entrevista neste sábado (Foto: Marcello Casal Jr Agência Brasil)

Durante a entrevista coletiva à imprensa nacional, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, elogiou as decisões do prefeito Marquinhos Trad (PSD), em relação ao combate a pandemia do coronavírus. Ele disse que a preocupação do gestor é “justa e correta” para tentar frear a contaminação, principalmente na periferia da cidade.

“O prefeito da minha cidade (Campo Grande), Marquinhos Trad (PSD), colocou de forma muita clara sua preocupação (pandemia), já que a contágio começou pelas pessoas com planos de saúde, que tem 3 ou 4 cômodos em casa, pode fazer o isolamento, mas quando chegar na periferia é outra situação”, disse Mandetta.

O ministro elogiou a postura do prefeito, ao dizer que o município precisa se preparar e se organizar para quando o vírus chegar na periferia. “Suas decisões são para não sobrecarregar em bloco o seus sistema de saúde, e dá tempo de se organizar”, pontuou.

Sobre os pedidos do comércio para retorno das atividades, Mandetta disse que caso haja uma flexibilização no futuro, vai se preciso colocar novas regras para funcionamento. “Vai ter que reduzir por exemplo as mesas nos restaurantes, não pode ter fila de espera, até os buffets não poderão ser servidos com um atrás do outro, haverá muitas mudanças”.

Mandetta reforçou que é importante ainda as pessoas "ficarem em casa", no entanto ponderou que está havendo diálogo entre os setores de saúde e economia, para que ambos possam caminhar juntas.

Capital – Nas suas medidas de restrição, Marquinhos suspendeu as aulas nas escolas municipais, liberou para funcionamento apenas os serviços essenciais e o transporte público foi interrompido, tendo linhas apenas para os funcionário de saúde. Agora foi liberado também aos profissionais de farmácias e supermercados. Ele também implantou o “toque de recolher” das 22h até às 5h.

Confira o vídeo em que o ministro parabeniza o prefeito Marquinhos Trad.