ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, QUINTA  04    CAMPO GRANDE 20º

Política

"Aliviado", Coronel David deixa PSL e diz que vai manter apoio ao presidente

O pedido de Coronel David para justa causa foi aceito de forma unânime pelo TRE

Por Adriano Fernandes | 30/03/2020 20:26
Coronel David durante sessão na Assembleia Legislativa. (Foto: Divulgação)
Coronel David durante sessão na Assembleia Legislativa. (Foto: Divulgação)

O deputado estadual Coronel David está oficialmente fora do PSL. O deputado entrou com o processo na justiça após a saída do presidente Jair Bolsonaro e também por se sentir “perseguido” pela sigla em Mato Grosso do Sul.

Contudo, nesta segunda-feira (30) o TRE-MS deu sentença favorável para sua saída. O pedido de Coronel David para justa causa foi aceito de forma unânime.

“Foi tudo público, nunca escondi que a situação não era confortável e busquei o que era correto e deixei para Justiça resolver”, diz o deputado ao ressaltar que ficou "aliviado" com a decisão.

Coronel David também disse que já tem convite de outras siglas, mas vai conversar com o presidente antes de tomar qualquer decisão.

Saída - O impasse sobre a permanência do deputado no partido,  começou a partir de desentendimento com a direção do partido, encabeçada pela senadora Soraya Thronicke (PSL). Soraya assumiu o PSL no começo do ano, após ser eleita senadora em Mato Grosso do Sul.

Ela ficou no lugar de Rodolfo Nogueira, que inclusive é um dos seus suplentes. Os dois tiveram problemas durante a campanha, tanto que ela registrou denúncia contra ele, por ameaça. Nogueira era mais próximo de David, por isto, segundo o deputado, ele foi afastado das reuniões e “decisões” do partido no Estado.

Já Soraya alega que é natural “divergência de ideias” dentro da legenda, mas que está disposta a manter diálogo com o colega.