A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 18 de Setembro de 2019

30/08/2019 08:53

Alunos com déficit de atenção podem ter regras diferentes em provas

Proposta sobre avaliações destes alunos nas provas foi apresentado na Assembleia Legislativa

Leonardo Rocha
Estudantes da rede estadual de ensino (Foto: Arquivo)Estudantes da rede estadual de ensino (Foto: Arquivo)

Os alunos com transtorno de déficit de atenção e hiperatividade podem ter regras diferentes em provas nas escolas públicas e privadas do Estado. Eles terão mais tempo para terminar as avaliações e ainda ficarão em local diferenciado, com auxílio do professor especializado.

É o que prevê o projeto do deputado José Carlos Barbosa (DEM), que foi apresentado na Assembleia. “A proposta advém da necessidade de auxílio a estas crianças e se aprovada vai contribuir para o aumento do aproveitamento escolar dos alunos que sofrem com esse transtorno”, explicou o autor.

A proposta ainda permite que estas crianças tenham assentos na primeira fila, com a cadeira afastada de janelas, cartazes ou outros elementos que podem gerar distração. Para dispor destas regras diferentes, os pais ou responsáveis devem apresentar laudo médico (especialista) comprovando o transtorno.

As escolas da rede pública e privada devem dispor de recursos didáticos diferenciados e adequados para atender estes alunos. A proposta segue para as comissões da Assembleia e depois será votada em plenário pelos deputados. Se for aprovada ainda passa pelo crivo do governador Reinaldo Azambuja (PSDB).

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions