A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

20/10/2010 11:40

Ambiente e infraestrutura terão prioridade orçamento

Redação

O próximo mandato do governador reeleito André Puccinelli (PMDB) terá como prioridades projeto de gestão ambiental e obras de infraestrutura. Denominado de Siga/MS (Sistema Integrado de Gestão Ambiental), o projeto terá recursos do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) e do governo estadual.

O Siga consta na mensagem encaminhada junto com o Orçamento 2011, no valor de R$ 9,3 bilhões, à Assembleia Legislativa. Conforme Puccinelli, o sistema será "marco inicial de uma renovada forma de gestão dos recursos naturais e do nosso Patrimônio Ambiental sul-mato-grossense, quais sejam o Pantanal, a Serra de Bodoquena, Bonito, a Serra de Maracaju, entre outros".

O governador ainda destaca os investimentos prioritários em infraestrutura para transporte, com recursos de um empréstimo com o Bird (Banco Internacional de Reconstrução e Desenvolvimento). O empréstimo de US$ 300 milhões foi firmado em setembro e vai recuperar 1,2 mil quilômetros de rodovia no Estado.

Puccinelli salienta que a proposta orçamentária contempla as ações propostas em campanha eleitoral. Ele também reclama de participação "ínfima" do Estado no bolo de receitas da União. "Detendo um dos menores coeficientes do Fundo de Participação dos Estados, para ser mais exato o equivalente a 1,3320% do total".

O governador cita que os esforços por mais recursos serão fortalecidos com a eleição do deputado Waldemir Moka (PMDB) para Senador. Moka é presidente da Comissão Mista de Orçamento do Congresso Nacional. O orçamento será analisado pelo presidente da Comissão de Execução Orcamentária, deputado Antônio Carlos Arroyo (PR). Depois, será aberto prazo para apresentação de emendas. A proposta orçamentária tem que ser votada antes do recesso parlamentar.

O próximo mandato do governador reeleito André Puccinelli (PMDB) terá como prioridades projeto de gestão ambiental e obras de infraestrutura. Denominado de Siga/MS (Sistema Integrado de Gestão Ambiental), o projeto terá recursos do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) e do governo estadual.

O Siga consta na mensagem encaminhada junto com o Orçamento 2011, no valor de R$ 9,3 bilhões, à Assembleia Legislativa. Conforme Puccinelli, o sistema será "marco inicial de uma renovada forma de gestão dos recursos naturais e do nosso Patrimônio Ambiental sul-mato-grossense, quais sejam o Pantanal, a Serra de Bodoquena, Bonito, a Serra de Maracaju, entre outros".

O governador ainda destaca os investimentos prioritários em infraestrutura para transporte, com recursos de um empréstimo com o Bird (Banco Internacional de Reconstrução e Desenvolvimento). O empréstimo de US$ 300 milhões foi firmado em setembro e vai recuperar 1,2 mil quilômetros de rodovia no Estado.

Puccinelli salienta que a proposta orçamentária contempla as ações propostas em campanha eleitoral. Ele também reclama de participação "ínfima" do Estado no bolo de receitas da União. "Detendo um dos menores coeficientes do Fundo de Participação dos Estados, para ser mais exato o equivalente a 1,3320% do total".

O governador cita que os esforços por mais recursos serão fortalecidos com a eleição do deputado Waldemir Moka (PMDB) para Senador. Moka é presidente da Comissão Mista de Orçamento do Congresso Nacional. O orçamento será analisado pelo presidente da Comissão de Execução Orcamentária, deputado Antônio Carlos Arroyo (PR). Depois, será aberto prazo para apresentação de emendas. A proposta orçamentária tem que ser votada antes do recesso parlamentar.

Marun ainda quer votar relatório da JBS antes de posse no ministério
Na véspera de ser empossado como ministro da Secretaria de Governo, o deputado Carlos Marun (PMDB-MS), relator da Comissão Parlamentar Mista de Inqué...
Senado aprova R$ 1,9 bi a estados para compensar desoneração de exportações
Após suspender a sessão do Congresso Nacional, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), retomou os trabalhos do plenário da Casa com o obj...
Temer discutirá data de votação da reforma da Previdência nesta quinta
O anúncio do líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), de que a votação da proposta de reforma da Previdência ficará para fevereiro causou r...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions