A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 19 de Agosto de 2018

18/10/2010 15:33

Beto Pereira deixa PSDB, mas mantém apoio a Puccinelli

Redação

O presidente da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul, entidade que reúne todos os prefeitos do estado), Humberto Pereira, afirmou nesta segunda-feira que irá deixar o PSDB, mas que vai manter o apoio ao governador André Puccinelli (PMDB).

Ele pretende deixar o ninho tucano para evitar problemas com o partido. Beto Pereira apóia a candidata Dilma Rousseff (PT), enquanto o PSDB tem José Serra como candidato.

"Apoiei o André Puccinelli nessa eleição. Já aí sinaliza que não estou brigado com o André. A minha divergência é na esfera federal. Eu não vou para o PT. Vou para algum partido que apóie o governador", afirmou o prefeito de Terenos.

Ele disse que não decidiu em qual partido irá se filiar. A decisão só irá acontecer após as eleições. "Meu futuro, a Deus pertence".

Beto Pereira afirmou ainda que decidiu apoiar Dilma em gratidão a ajuda "sobremaneira" do presidente Luiz Inácio Lula da Silva a Terenos. "Nunca tivemos tanto recurso", afirmou.

O prefeito de Terenos é filho do senador Valter Pereira (PMDB), que rompeu com o governador André Puccinelli após perder prévias internas do partido em que disputava a vaga de candidato ao Senado. Valter também apóia a ex-ministra Dilma Rousseff.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions