A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

29/08/2013 23:05

Conselho do MPE julga ação contra diretora da Agetran

Vinícius Squinelo

Kátia Maria Moraes Castilho, atual diretora-presidente da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) de Campo Grande, é investigada por supostamente receber salário sem trabalhar na administração municipal.

A ação, que ainda tem a forma de procedimento preparatória, é de autoria da 30ª Promotoria de Justiça do Patrimônio Público e Social e das Fundações da comarca de Campo Grande.

O procedimento será julgado pelo O Conselho Superior do MPE (Ministério Público de Mato Grosso do Sul), e pode ser convertido em inquérito civil público. Conselheiro do órgão, Hudson Shiguer Kinashi, é responsável pela relatoria da ação.

Kátia Castilho é investigada por supostamente ter recebido 15 dias de salário, referente ao cargo que ocupa na Agetran, sem ter trabalhado no período, o que caracterizaria improbidade administrativa.

O procedimento será julgado na 29ª Reunião Ordinária do Conselho Superior do MPE, que ocorre no dia 3 de setembro, às 8h30.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions