A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

04/07/2013 21:18

Cristovam Buarque defende amanhã federalização do ensino na Capital

Zemil Rocha
Senador do PDT fará palestra na Câmara de Campo Grande nesta sexta-feiraSenador do PDT fará palestra na Câmara de Campo Grande nesta sexta-feira

O senador Cristovam Buarque (PDT-DF) ministra palestra amanhã, a partir das 19h30, na Câmara de Campo Grande, sobre a federalização de ensino básico no País. A fonte de financiamento seria recursos dos royalties do pré-sal, segundo Buarque, que vem percorrendo o Brasil para defender a proposta.

A implantação do novo modelo, segundo o senador pedetista, seria possível num prazo de 20 anos. Escolas federais modernas e bem equipadas, em tempo integral, substituiriam as atuais unidades escolares das redes municipais e estaduais de ensino e parte das particulares. Incorporados na Carreira do Magistério Federal, os professores teriam piso salarial de R$ 9 mil.

Modelos de escolas federais de qualidade já existem, lembra Buarque, citando o Colégio Dom Pedro II, do Rio de Janeiro, os institutos técnicos e os Colégios Militares, como o de Campo Grande, que tem liderado por anos seguidos o ranking do Enem (Exame Nacional de Ensino Médio), mas oferecendo poucas vagas para alunos que não sejam filhos de militares.

Para Cristovam Buarque, a federalização do ensino básico se justiça ainda em razão das desigualdades regionais, visto que Estados e Municípios pobres tem menos condições de investir em educação que os mais abastados. Exemplifica com o município de São Francisco do Conde (BA), que tem a melhor renda per capita do país, R$ 296 mil, enquanto em Curralinho (PA), a renda média é de apenas R$ 1.900. Argumenta que a cidade paraense não tem condições de oferecer uma escola de qualidade, mas o governo federal sim.

Antes da palestra, que é aberta ao público, embora voltada a acadêmicos e educadores, Cristovam Buarque visita uma escola de tempo integral, às 16h, concede entrevista à imprensa local, às 18h, prestigia ato de filiação ao PDT, às 18h30, no Plenarinho da Câmara.

 

 



Federaliza a educação básica! Coitado dos prefeitos, vai acabar com as mamatas nas cidades do interior, negociatas para contratar professores temporários. Espero que tal característica se estenda também para a direção dos colégios; acabar com diretores cedendo 5 h/aulas para garantir voto na hora da eleição.
 
alberto romero em 04/07/2013 22:41:05
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions