A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

16/10/2010 18:10

Delcídio afirma que Brasil quer eleger uma mulher

Redação

Em sua primeira viagem pelo interior de Mato Grosso do Sul após a eleição, neste sábado, em Aral Moreira, o senador Delcídio do Amaral (PT) disse que os números finais do primeiro turno mostram que o Brasil quer uma mulher na presidência da República.

"Basta somar a votação da Dilma (Rousseff,) e da Marina Silva no primeiro turno. São mais de 67 milhões de votos. São números que nos dão a convicção de que o Brasil quer uma mulher presidente e estamos trabalhando para que a Dilma tenha a oportunidade de continuar o trabalho que o Presidente Lula vem realizando ao longo dos últimos oito anos", afirmou o senador, em entrevista à rádio FM Esperança.

"Uma mudança agora significa paralisação de um processo que vem dando certo. O Brasil de hoje é o país da inclusão social, do saneamento, da geração de empregos, do desenvolvimento econômico, da infraestrutura, da habitação, da Copa do Mundo, dos Jogos Olímpicos, enfim, temos um país respeitado no exterior e com melhores condições para se viver", disse.

Delcídio afirma que quer visitar todos os municípios para agradecer "a honra de ter sido reeleito e com uma votação extraordinária". Ele foi reeleito com

826.848 votos, a maior votação já conquistada por um candidato ao Senado na história de Mato Grosso do Sul.

"Tenha certeza de que vou retribuir trabalhando, olhando as necessidades da população, independente da cor partidária do prefeito, como sempre fiz, trazendo desenvolvimento econômico e social, com mais qualidade de vida para o dia-a-dia das pessoas", afirmou o senador.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions