A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

05/07/2013 15:37

Delegados de MS escolhem presidente de associação neste sábado

Bruno Chaves
Delegado Marcelo Vargas, um dos candidatos à presidência da Adepol-MS (Foto: Arquivo Polícia Civil)Delegado Marcelo Vargas, um dos candidatos à presidência da Adepol-MS (Foto: Arquivo Polícia Civil)

Delegados associados à Adepol-MS (Associação de Delegados de Polícia Militar de Mato Grosso do Sul) escolherão a nova diretoria da entidade neste sábado (6). As eleições acontecem a partir das 8 horas, na sede da associação, que fica na Rua Delegado Robinson Benedito Maia, 321, em Campo Grande.

O novo presidente comandará a Adepol-MS no biênio 2013/2015 e será eleito por cerca de 300 delegados, entre ativos e aposentados. Este ano, duas chapas se registraram para concorrer a sucessão de Fabiano Ruiz Gastaldi, atual gestor da associação.

As chapas “Adepol Forte Retomando a Luta”, liderada pelo candidato à presidência Marcelo Vargas Lopes, e “Adepol Sempre Unida”, liderada pelo candidato à presidência Nazih El Kadri, disputam a preferência dos delegados.

Marcelo Vargas, que é candidato pela primeira chapa, é diretor do Departamento da Polícia do Interior. Já Nazih El Kadri, candidato da segunda composição, é delegado-geral adjunto na Delegacia Geral de Polícia Civil. As propostas dos dois vão de encontro à valorização e inserção da classe nas carreiras jurídicas.

Para Marcelo, a principal proposta da “Chapa Adepol Forte Retomando a Luta” é o estabelecimento de critérios para a promoção da Polícia Civil, “que atenderá delegados, investigadores, peritos e as demais classes da polícia”, afirma o delegado.

Além da avaliação dos critérios para promoção, Marcelo disse que sua chapa lutará por melhorias de salários, por planos de carreiras e por melhores condições de trabalho da Polícia Jurídica.

“Também têm as questões internas, como assistência médica, assistência social e a construção de um novo hotel de trânsito para atender os associados do interior”, disse.

Para Nazih, que lidera a “Chapa Adepol Sempre Unida”, as principais lutas de sua administração serão pelo adicional de aperfeiçoamento para profissionais com cursos de pós-graduação, mestrado e doutorado, e pelo aumento do adicional de férias.

A luta pela concessão de suprimento de fundos e na implantação do auxílio alimentação, auxílio moradia e o auxílio saúde também estão nas reivindicações de Nazih, que promete que os delegados veteranos aposentados terão lugar fundamental em sua gestão.

"Temos os mesmos ideais de autonomia, força e dignidade dos delegados de polícia. A Adepol pertence aos delegados e deve ter seus destinos decididos por toda a coletividade, inclusive os que estão no interior e os nossos colegas aposentados", ressalta Nazih.

Carreiras – Marcelo Vargas é delegado há 23 anos. Ele foi titular em diversos distritos policiais. Durante seis anos, chefiou o Garras (Grupo Armado de Resgate e Repressão a Assaltos e Sequestros). Também já foi presidente da Adepol-MS, por dois mandatos, e vice-presidente da Adepol do Brasil, por um mandato.

Atualmente, Marcelo é diretor do Departamento de Polícia do Interior. A delegada Regina Márcia Rodrigues de Brito Mota, titular da DPCA (Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente), é a candidata à vice-presidente na “Chapa Adepol Forte Retomando a Luta”.

Nazih El Kadri atuou como delegado da Polícia Civil em Caarapó, Dourados, Ponta Porã, Corumbá, Jardim e Ribas do Rio Pardo. Atualmente é delegado-geral adjunto na Delegacia Geral de Polícia Civil.

A candidata à vice-presidente na “Chapa Adepol Sempre Unida” é a delegada Maria de Lourdes Cano, atual titular da Defurv (Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Veículos).



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions