A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

15/10/2010 18:22

Dilma diz que é contra aborto e não vai propor mudanças

Redação

Em uma carta, que será distribuída em templos e igrejas, a candidata Dilma Rousseff (PT) reafirma que é "pessoalmente (sic) contra o aborto" e que defende a manutenção da legislação atual sobre o tema.

No documento divulgado nesta sexta-feira, ela afirma que não vai propor alterações de pontos que tratem da legislação do aborto "e de outros temas concernentes à família e à livre expressão de qualquer religião no País".

Ela também não diz que irá vetar projetos sobre o aborto. Dilma havia sido cobrada por 51 representantes de igrejas evangélicas a assumir o compromisso de vetar qualquer projeto aprovado no Congresso "contra a vida e valores da família".

A carta também não fala sobre a polêmica em torno da união civil entre homossexuais.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions