A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

27/06/2012 13:08

MS tem R$ 60 milhões em investimentos parados na Sudeco

Elverson Cardozo
Reunião da bancada federal do Centro Oeste ontem à noite. (Foto: Divulgação)Reunião da bancada federal do Centro Oeste ontem à noite. (Foto: Divulgação)

Mato Grosso do Sul poderá perder R$ 60 milhões em investimentos federais por falta de analistas de infraestrutura, responsáveis pela apreciação de 92 projetos que estão parados na Sudeco (Superintendência de Desenvolvimento do Centro-Oeste). Na região Centro-Oeste o risco de prejuízo chega a R$ 160 milhões.

Na noite desta quarta-feira (26), a bancada federal do Centro-Oeste discutiu o assunto. O diretor-presidente da Sudeco, Marcelo Dourado, disse que já havia previsto o problema.

“Em novembro do ano passado solicitei ao Ministério do Planejamento 12 analistas”, disse. A superintendência conta atualmente com apenas 6 profissionais.

O prazo final da prorrogação termina na próxima segunda-feira (2), data em que o recurso ou parte dele precisa ser liberado.

Marcelo Dourado informou que a partir de 2 de julho, 70% a 80% dos convênios serão cancelados. A Sudeco, declarou, poderá analisar apenas 20% dos projetos.

O deputado federal Giroto (PMDB-MS) participou da reunião e defendeu uma nova prorrogação para que o investimento não seja perdido. “Ao reter os recursos, a economia das pequenas cidades são prejudicadas”, disse.

Prejuízos - Uma das emendas, no valor de R$ 2 milhões, é para a implantação de infra-estrutura social e produtiva em Campo Grande. Outra, da ordem de R$ 3 milhões, destina-se a drenagem profunda em Ponta Porã.

Os valores são referentes a projetos de deputados e senadores, tanto da base aliada quanto da oposição.

Assembleia vota Orçamento de R$ 14,4 bilhões de 2018 na terça-feira
O Orçamento de R$ 14,4 bilhões do Governo de Mato Grosso do Sul para 2018 passará pela votação em segunda discussão na terça-feira (19) na Assembleia...
Temer diz que adiamento da reforma da Previdência foi 'ótimo' para ganhar votos
O presidente Michel Temer procurou mostrar otimismo ao falar sobre a reforma da Previdência ao dar posse ao deputado federal Carlos Marun (PMDB-MS) c...


isso reflete a importancia do desenvolvimento do centro oeste na bancada federal, o estado perde novamente por falta de investimento no recurso humano.a falta de um profissional na área, irá prejudicar centenas de familias no estado de Mato Grosso do Sul.
 
alan abrao em 27/06/2012 09:04:29
Fiquei pasmo em saber que verbas do governo federal poderão não ser liberadas para programas imprescindíveis ao desenvolvimento sócio-econômico da Região Centro-Oeste, simplesmente porque a SUDECO não dispõe de técnicos para analisar os projetos. Como justificar o elevado custo da estrutura de pessoal do Governo Federal, se faltam profissionais qualificados para atuarem em áreas tão importantes?
 
oscar mendes em 27/06/2012 03:34:27
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions