A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

29/08/2013 21:43

MPE pede mais prazo e investiga improbidade de ex-prefeito de Maracaju

Vinícius Squinelo

A Promotoria de Justiça da comarca de Maracaju, cidade distante 160 km de Campo Grande, quer mais prazo para concluir três inquéritos que investigam supostas irregularidades da gestão do ex-prefeito da cidade, Celso Luiz da Silva Vargas.

A promotoria investiga a suposta emissão de duas lâminas de cheques, no valor de R$ 750 mil, para a empresa Juha Engenharia, sem qualquer justificativa contábil, segundo o MPE (Ministério Público Estadual). Os cheques foram passados pela prefeitura municipal da cidade.

Outro inquérito apura a emissão de outros 51 cheques, sem provisão de fundos do cofre da administração de Maracaju, também durante a gestão de Celso Vargas.

Outro inquérito apura eventual ato de improbidade administrativa. A Promotoria investiga a alienação de 12 terrenos de propriedade do município, com a finalidade de quitar débitos com Jorge Veimar Sayd Pinto. A prefeitura não teria observado os trâmites legais para a realização do pagamento.

A Promotoria pede mais 180 dias para a conclusão dos três inquéritos, instaurados entre o fim do ano passado e o início de 2013.

A prorrogação será julgada na 29ª Reunião Ordinária do Conselho Superior do MPE, que ocorre no dia 3 de setembro, às 8h30.



O MPE é rigoroso com uns e faz vistas grossas com outros,o dono dos "porcos" nunca é "incomodado".
 
carlos augusto em 29/08/2013 22:39:31
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions