A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 22 de Abril de 2018

07/10/2010 20:05

Número de justificativas caiu nestas eleições em MS

Redação

O número de eleitores que justificaram a ausência nas urnas nestas eleições caiu em Mato Grosso do Sul. Na prática, são casos de pessoas que se encontravam fora do seu domicílio eleitoral ou que estavam em serviço no dia da votação.

No último domingo, o TRE (Tribunal Regional Eleitoral) registrou 104.999 pedidos de justificativa no Estado. Segundo a Justiça Eleitoral, o número caiu em relação a eleições anteriores.

Em 2008, foram 108.496 justificativas. Já em 2006, o total foi de 112.418.

Na Capital, foram 31.952 justificativas neste 1º turno. Em 2008, o TRE recebeu 31.160 justificativas, e em 2006, 36.446.

Ao todo, nestas eleições, compareceram às urnas 1.392.464 eleitores, 82% do eleitorado do Estado. O restante se enquadra na abstinência que chegou a 18%.

O eleitor que não pôde votar e nem justificar sua ausência em uma das seções eleitorais no dia da votação, tem 60 dias para apresentar o documento.

Vale lembrar que quem não votar e não justificar em três eleições consecutivas terá sua inscrição cancelada, ficando impedido, entre outras coisas, de obter passaporte ou carteira de identidade, receber vencimentos, caso seja servidor público, inscrever-se em concurso público e renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo.

O endereço dos cartórios eleitorais pode ser obtido na página do TRE na internet (www.tre-ms.gov.br). A ausência deve ser justificada individualmente a cada turno da eleição.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions