A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

08/07/2013 09:34

Vereadores querem proibir contratação de artistas que “desvalorizem” as mulheres

Leonardo Rocha
Vereadores não querem que o Estado invista em artistas que incentivem a violência e desvalorização das mulheres (Foto: divulgação)Vereadores não querem que o Estado invista em artistas que incentivem a violência e desvalorização das mulheres (Foto: divulgação)

Os vereadores Paulo Siufi (PMDB) e Zeca do PT protocolaram na Câmara Municipal um projeto que proíbe o uso de recursos públicos para contratação de artistas que tenham músicas, coreografias ou letras que “desvalorizem” e exponha às mulheres a situação de constrangimento.

A proposta ainda restringe manifestações que incentivem a violência ou tenham conteúdo de homofobia e discriminação racial. Se o projeto for aprovado, os responsáveis por fazer esta contratação devem incluir esta “cláusula” no contrato, caso este seja descumprido, o artista pode pagar multa de 50% do valor acordado.

Os vereadores ainda sugerem que a Fundac (Fundação Municipal de Cultura) e o Conselho Municipal de Cultura façam um relatório anual com os nomes de artistas que “desvalorizam” as mulheres e incentivam a violência. Eles ainda apontam que esta pesquisa pode ser feita nas rádios, TV e internet.

Na justificativa, os autores ressaltaram que nos últimos tempos a indústria cultural disponibiliza o “pior” tipo de música possível. Ainda citaram o famoso “jabá”, que é uma espécie de pagamento às rádios para executar músicas pro diversas vezes ao dia. “Em um primeiro momento elas são justificadas como brincadeiras momentâneas, mas o resultado é a ação de reforço da prática de violência física e psicológica contra a mulher, homossexuais ou negros”, diz a proposta.

Segundo o projeto, o Estado deve funcionar como “indutor” de manifestações que agreguem e não incentivem algo que denigra grupos sociais. A Lei Orgânica do Município também rechaça qualquer forma de discriminação e aponta que o município deve combater estas práticas.



O que deveria mesmo é esses vereadores procurar gastar esse dinheiro com saúde e educação. Todos sabemos que na contratação dos artistas sempre sobra no bolso de malandros. Que peguem uma enxada e vão capinar no fundo da Câmara, E parem de falar asneiras. é pra acabar mesmo.
 
Kamél El Kadri em 08/07/2013 21:09:45
Foi o melhor projeto que já vi até agora.
 
Nilson André em 08/07/2013 18:23:00
Maria Izildinha

a senhora deveria ler o projeto de lei antes.

O projeto não proibe ninguem de fazer show ou cantar musicas. O projeto propibe que a prefeitura use dinheiro do seu imposto para show feitos pelo poder poublico com musicas que incentivem o estupro por exemplo. portanto como s etrata de recursos do municpio, cabe sim aos vereadores. inutil a ideia de que vereador tem que apresentar só um tipo de projeto.
 
Antonio Ribeiro em 08/07/2013 18:09:30
MARIA, CONCORDO COM VOCE ESSES VEREADORES SAO UNS DESOCUPADOS
QUE SO ENCHEM LINGUIÇA,NO MANDATO ANTERIOR O SIUFI FEZ UM PROJETO PARA PROIBIR AS LOJAS FEMININAS DE EXPOR AS CALÇINHAS NA VITRINE PODE UMA HIPOCRISIA COMO ESSA SEUS DESOCUPADOSSSSSSSSSSSSS
 
JOAO BATISTA em 08/07/2013 15:04:13
Parabéns ao seu comentário, Maria Izildinha! Isso não é matéria a ser regulada pelo Poder Público! Cada cidadão deve ter seu livre arbítrio, em escolher o tipo de show que deseja ir!
 
MARCELLO MENDES em 08/07/2013 13:00:49
Parabêns senhores vereadores,Paulo Siufi e Zeca do PT,até que enfim alguem se preocupou com essas "musicas"que desvalorizam a classe feminina,que ainda se respeita,tomara que voces tenham sucesso,e que nunca mais se ouça esse tipo de ofensas,Obrigada.
 
Teresa Moura em 08/07/2013 11:46:32
Ótima idéia! chega de sermos obrigados a ouvir essas músicas com linguagem grosseira e obscena. Quem não tem competência que não se estabeleça no mercado.
 
maria lucia ascencio pereira em 08/07/2013 11:14:27
O que mais me surpreende é a quantidade de projetos inúteis que esses vereadores nossos ficam inventando. Até parece que eles não são pagos para trabalhar. Quem ouve ou deixa de ouvir, assistir shows e o que mais quiser é a pessoa, nenhum vereador ou político tem condições de proibir, até porque muitos deles nem tem moral para tal proibição. A desvalorização da mulher ou de qualquer pessoa, não importa a raça, a cor, nada, dependerá somente dela e não vai ser um projeto de vereador que irá mudar isso.
Portanto senhores, trabalhem com coisas produtiva, porque até agora, pelo menos eu não vi nada que algum de vocês fizessem.
 
Maria Izildinha F.Remijo em 08/07/2013 11:00:47
Parabéns Senhores Vereadores ! É assim que se começa coibir a violência e valorizar os compositores que contribuem com a cultura de nosso povo.
 
Luis Acordado em 08/07/2013 10:08:20
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions