A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

09/08/2015 08:07

Um diamante, grande amor e 14 filhos: as histórias de um líder comunitário

Juliana Brum
Um diamante, grande amor e 14 filhos: as histórias de um líder comunitário
Anízio contou como nasceu o amor pela luta social e acabou ganhando uma grande família ( Foto - Vanessa Tamires) Anízio contou como nasceu o amor pela luta social e acabou ganhando uma grande família ( Foto - Vanessa Tamires)
Anízio Sabino foi o 1º presidente do bairro Nova Lima e completou 50 anos de casado com Maria Rita (Foto - Vanessa Tamires) Anízio Sabino foi o 1º presidente do bairro Nova Lima e completou 50 anos de casado com Maria Rita (Foto - Vanessa Tamires)

Um exemplo destes "sub-prefeitos" que são os líderes e presidentes de bairros é o aposentado Anízio Sabino dos Santos, 71 anos que há, pelo menos, 30 anos assume a tarefa de atender as demandas da comunidade e ainda ser o patriarca de uma grande família, com 15 filhos, sendo cinco legitmos e nove adotivos. Acostumado a resolver o problema de todo mundo no bairro, ele também é chamado de pai pelos vizinhos e amigos.

Veja Mais
Regional acumula lixo,apesar de liminares e ter contratado coletadora
Após quase três horas, desfile cívico de aniversário termina na 14 de julho

Esta é uma longa história de amor, que começou sem a benção do pai de Maria Rita dos Santos, que, na época tinha 13 anos e Anizio 17. Os adolescentes queriam casar contra a vontade da família dela, que já tinha outro pretendente para a garota.

Mas, para escapar da tragédia de Romeu e Julieta, os enamorados resolveram fugir do Mato Grosso e se casaram escondidos. Na época, eles mentiram a idade real para que pudessem viver juntos. Sabino era garimpeiro, vendeu um diamante para custear a fuga e recomeçar a vida no Mato Grosso do Sul com a esposa.

Em tom de brincadeira, ele contou que namorou bastante até casar, apesar da pouca idade. No entanto, o casamento religioso só ocorreu neste ano, masi de cinco décadas depois. A celebração ocorreu no dia 30 de julho, junto com a comemoração das bodas de ouro. Foi uma festa para 100 convidados.

A vida sempre foi difícil. Para a labuta diária e superar as dificuldades, Rita sempre ajudou o marido nas atividades sociais. Entre o socorro de um amigo e o atendimento da reivindicação de um morador do bairro, o casal conseguiu realizar os sonhos, como a casa própria e construir uma grande família.

O casamento no religioso só aconteceu na festa das bodas de ouro (Foto: Vanessa Tamires)O casamento no religioso só aconteceu na festa das bodas de ouro (Foto: Vanessa Tamires)

A questão social sempre esteve ligada em sua trajetória na Cidade Morena. Enquanto lutava pela nova vida, ele começou a dedicar-se à comunidade no corredor do Bairro Nova Lima, na saída para Cuiabá, e que teve fama de ser um dos mais violentos da Capital.

Anizio foi o primeiro presidente eleito da comissão da representação dos Favelados de Campo Grande em 1983. Há 32 anos, ele é conhecido na região do Jardim Anache e do Nova Lima, onde começou sua luta social. Na ocasião, teve o apoio do ex-deputado estadual Antônio Braga, que na época era vereador, do ex-prefeito Lúdio Martins Coelho e acompanhou todo o inicio da vida política do vereador Carlos Augusto Borges, o Carlão (PSB).

Apesar da ligação, nunca quis entrar para politica e sim ajudar nos bastidores dela. "Nunca me interessei em ser vereador, recebi convites, mas acredito que se eu entrasse certamente não faria tanto como faço fora dela" afirmou.

Como líder comunitário, ele ajuda famílias com os pedidos mais diversos, desde remédios, vagas em hospitais, casas populares e até para apartar briga de marido e mulher.

No meio de sua trajetória como líder acabou conhecendo uma filha que teve antes de se casar ( Foto - Vanessa Tamires)No meio de sua trajetória como líder acabou conhecendo uma filha que teve antes de se casar ( Foto - Vanessa Tamires)

A 14ª filha foi uma grande surpresa para Sabino.  A enfermeira Irce era uma das amigas do casal. Ele chegou a ser padrinho de casamento dela. No entanto, só pouco tempo depois do casório, a mulher descobriu que o pai biológico era outro homem.

Na busca para recuperar a história, ela descobriu que a mãe teve um caso amoroso com o líder comunitário em 1965 em São Paulo. Um exame de DNA tirou a história a limpo e confirmou que o líder comunitário era o pai da enfermeira. 

Cheio de histórias e com um coração enorme, ele diz que ama ajudar o próximo e que até quando tiver como irá ajudar.

Os filhos cresceram vendo a luta do pai e o exemplo de homem que Sabino se tornou. "Já senti muito ciumes do meu pai porque sempre tive que dividi-lo com muita gente que o adotou como pai, mas ele é tudo para nossa família. É o meu exemplo, tudo para mim" declarou a última filha do casal.

O casal acompanhada de duas das filhas, Aline Gisele e a adotiva Eliane Caldeira ( Foto - Vanessa Tamires)O casal acompanhada de duas das filhas, Aline Gisele e a adotiva Eliane Caldeira ( Foto - Vanessa Tamires)
Moradora do bairro, Jaqueline conta que o líder está sempre 100% a disposição da comunidade (Foto - Vanessa Tamires) Moradora do bairro, Jaqueline conta que o líder está sempre 100% a disposição da comunidade (Foto - Vanessa Tamires)

"Sempre disponível e muito bom vizinho, o seo Anizio nos ajuda demais. Não há hora para irmos procurá-lo. Eu já morei em outros bairros e nunca vi um líder tão ativo e presente como ele que mesmo com idade nos ajuda de verdade", contou a manicure Jaqueline Martins de Oliveira,20 anos, moradora do bairro.

Este líder que pode ser reconhecido como "um grande pai", mas também age como um "prefeito", ouvindo e procurando atender as queixas dos moradores.

Parte dos filhos reunidos na celebração das Bodas de Ouro ( Foto - Arquivo Pessoal)Parte dos filhos reunidos na celebração das Bodas de Ouro ( Foto - Arquivo Pessoal)



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions