A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

02/06/2015 17:31

Comissão articula abertura de três graduações em unidades da UFMS

Priscilla Peres
Senador Moka se reuniu com representantes hoje, para viabilizar os cursos. (Foto: Divulgação)Senador Moka se reuniu com representantes hoje, para viabilizar os cursos. (Foto: Divulgação)

Representantes da Educação, prefeitos municipais e o senador Moka (PMDB) se reuniram hoje para viabilizar a abertura de três novos cursos superiores em Mato Grosso do Sul no próximo ano. O objetivo é ampliar a gama de oportunidades aos moradores do interior.

Veja Mais
André e Moka dizem que não serão candidatos a prefeito da Capital
Senador Moka cobra presidente do BC sobre meta de inflação e juros altos

As autoridades estudam a abertura da graduação em Medicina Veterinária em Paranaíba e de Engenharia Civil e Engenharia de Produção em Nova Andradina. A reitora da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) Célia Maria Silva, tem uma nova reunião agendada com o Ministério da Educação nos próximos dias.

Nela, será apresentado cronograma de desembolsos de recursos para que os cursos comecem a funcionar já no primeiro semestre do ano que vem. Essa possibilidade só existe, ressalva Célia Maria, se a proposta de investimento mínimo for aprovada. O ministro interino da Educação, Luiz Cláudio Costa foi já comunicado de que os municípios estão em condições de receber os cursos, com espaço já destinado a cada um deles

Em Paranaíba, a estrutura disponível atende aos dois primeiros anos da graduação em Medicina Veterinária. “Do terceiro ano em diante, vamos precisar de um novo prédio para abrigar laboratórios e um hospital veterinário”, acrescentou a reitora. Lá estão previstos investimentos de R$ 36 milhões em 4 anos. O curso também tem destinado R$ 15 milhões de uma emenda da bancada federal.

Já em Nova Andradina o espaço para as graduações de Engenharia Civil e Engenharia de Produção está garantido. A reitora explica que o fato de a cidade oferecer os cursos de Gestão Financeira e de Administração, áreas com disciplinas básicas semelhantes às de Engenharia, facilitará a implantação dos cursos.

Para o senador Moka, a criação dessas três graduações vai beneficiar centenas de estudantes das regiões do Bolsão e Conesul, onde há carência na oferta de vagas nessas áreas. “São regiões de grande importância para a economia do nosso Estado e que merecem ser servidas por esses cursos”, afirmou. “Mas dependemos do sinal verde do Ministério da Educação”.

Os prefeitos de Nova Andradina e Paranaíba, Roberto Hashioka e Diogo Tita, respectivamente, ressaltaram a importância da abertura dos cursos para fomentar a educação e profissionalizar os moradores dos municípios.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions