A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

06/01/2015 15:07

Comissão vai entregar relatório sobre vereadores acusados de corrupção

Helio de Freitas, de Dourados
Marcio Scarlassara preside a Comissão Processante que pode levar à cassação dos quatro primeiros vereadores acusados de corrupção (Foto: Correio do Sul)Marcio Scarlassara preside a Comissão Processante que pode levar à cassação dos quatro primeiros vereadores acusados de corrupção (Foto: Correio do Sul)

Será entregue amanhã à presidência da Câmara de Naviraí, cidade a 366 km de Campo Grande, o relatório da Comissão Processante instaurada para apurar quebra de decoro por parte dos vereadores Cícero dos Santos, o Cicinho do PT, Adriano José Silvério (SDD), Marcus Douglas Miranda (PMN) e Carlos Alberto Sanches, o Carlão (SDD).

Veja Mais
Empresário aceita delação premiada e entrega detalhes de corrupção
Justiça solta o 2° vereador preso por corrupção em operação da PF

Os quatro são acusados de fazer parte de um esquema de corrupção desvendado pela Operação Atenas, desencadeada pela Polícia Federal no dia 8 de outubro do ano passado, quando dez pessoas, incluindo cinco vereadores, foram parar atrás das grades. Apenas Cicinho continua detido na penitenciária de Naviraí. Marcus Douglas está em prisão domiciliar e Carlão e Adriano ganharam liberdade em dezembro.

Solange Melo era a quinta vereadora presa, mas ela renunciou ao mandato no dia 7 de novembro. Policial civil aposentada, Solange passou dois meses na cadeia e saiu no dia 13 de dezembro, graças a um habeas corpus do STJ (Superior Tribunal de Justiça).

O presidente da comissão, vereador Marcio Scarlassara (PSDC) informou hoje ao Campo Grande News que o relatório a ser entregue amanhã pelo relator José Roberto Alves (PMDB) será encaminhado em seguida ao presidente do Legislativo, Moacir Aparecido de Andrade (PTBdoB), que terá, a partir desse momento, 48 horas para convocar os demais vereadores para apreciação em plenário.

Sessão de julgamento – A sessão extraordinária para o julgamento dos quatro vereadores – afastados dos cargos e substituídos por suplentes ainda em outubro – está marcada para segunda-feira, dia 12, às 8h.

Scarlassara disse que ainda não tem conhecimento do teor do relatório de José Roberto, mas afirmou que poderá apresentar um relatório próprio, caso não concorde com o encaminhamento do relator. Comentários de moradores de Naviraí circulando nas redes sociais revelam que José Roberto poderá pedir a absolvição de um ou dois vereadores.

“Estamos trabalhando às claras, com responsabilidade e dentro da lei. Se houver necessidade eu, como presidente, posso apresentar outro relatório diferente daquele do relator. A decisão final será tomada em plenário”, afirmou Scarlassara.

Segundo ele, o parecer da comissão será votado pelos 13 vereadores da cidade. O voto será aberto e a previsão é de que a sessão dure pelo menos 14 horas. “Queremos concluir o julgamento ainda na segunda-feira”, disse o presidente.

Outra comissão – Uma segunda Comissão Processante, também resultado da Operação Atenas, está em andamento contra os vereadores Elias Alves (Pros), Vanderlei Chagas (PR) e Gean Carlos Volpato (PMDB).

Denunciados pelo Ministério Público por ligação no esquema de recebimento de diárias fraudulentas, eles são réus na ação penal que tramita no Poder Judiciário e estão afastados da Câmara desde o início de novembro.

Os três podem perder o mandato por quebra de decoro. Marcio Scarlassara, que também preside essa Comissão Processante, disse que o trabalho deve ser concluído ainda em janeiro.

Cícero dos Santos, Marcus Douglas Miranda e Adriano Silvério serão julgados por quebra de decoro juntamente com Carlos Alberto Sanches (Foto: Sul News)Cícero dos Santos, Marcus Douglas Miranda e Adriano Silvério serão julgados por quebra de decoro juntamente com Carlos Alberto Sanches (Foto: Sul News)



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions