A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

02/05/2015 13:03

Corumbá vacina 21 mil animais contra a raiva e apura caso suspeito

Aline dos Santos
Cachorros são vacinados em campanha. (Foto: Divulgação)Cachorros são vacinados em campanha. (Foto: Divulgação)

A secretaria de Saúde de Corumbá, município a 419 km de Campo Grande e que enfrenta surto de raiva, investiga um caso suspeito. Conforme o Diário Corumbaense, a adolescente de 13 anos foi atacada por um cachorro de rua em novembro do ano passado.

Veja Mais
Prefeitura faz parceria e oferece imunização contra raiva a cidades bolivianas
Capacitação de técnicos bolivianos para combater raiva acontece nesta terça

Ela chegou a tomar duas das cinco doses da vacina profilática humana e depois abandonou o tratamento. A Vigilância Epidemiológica foi à procura da paciente, mas a família só voltou a procurar por atendimento esta semana, depois que a garota começou a sentir coceira no local onde foi mordida pelo cão. Foi feita coleta de material e o resultado do exame é aguardado para até sexta-feira, dia 8.

Um caso em humano já foi confirmado. O paciente é um homem de 38 anos. Ele foi transferido de Corumbá para o HU (Hospital Universitário) de Campo Grande. Mato Grosso do Sul não registrava caso de raiva humana há mais de 20 anos. Até então, o último caso  datava de 1994. A doença não é comum em humanos e as chances de cura são quase nulas

Até ontem, já haviam sido vacinados 17.605 cães e 3.794 gatos, totalizando 21.399 animais imunizados. A meta até o final da semana é vacinar 25 mil animais.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions