A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

14/06/2011 20:43

Estudantes indígenas pedem justiça após ataque a ônibus de Miranda

Paulo Fernandes

Acadêmicos indígenas fizeram um manifesto repudiando o atentado, no início do mês, contra um ônibus que fazia o transporte dos estudantes da etnia Terena entre a escola e a aldeia, em Miranda (201 km de Campo Grande).

“Esperamos que, prontamente, os culpados sejam responsabilizados e que este caso não seja mais um dos inúmeros episódios de violência contra indígenas que ficam impunes”, afirmam os estudantes no documento.

“Lamentamos, ainda, o silêncio e omissão de figuras públicas que em ano eleitoral se dizem amigos dos povos indígenas, porém sequer pronunciaram-se solidárias às vítimas e seus familiares”, continua. “Tal atentado configura-se como terrorismo e resulta de uma intensa campanha contrária às reivindicações dos povos indígenas deste Estado”.

No atentado, quatro pessoas ficaram feridas: dois homens e duas mulheres. O veículo levava alunos indígenas que cursam o Ensino Médio na cidade.

Primeiro, foram jogadas pedras contra os vidros do ônibus. Em seguida, garrafas de vidro em chamas foram lançadas.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions