A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

17/05/2012 19:49

Força Nacional e PF acompanharão vacinação em área ocupada por índios

Nyelder Rodrigues
Decisão foi tomada após reunião que contou com o ministro José Cardozo, governador Puccinelli e vice Simone Tebet (Foto: Divulgação)Decisão foi tomada após reunião que contou com o ministro José Cardozo, governador Puccinelli e vice Simone Tebet (Foto: Divulgação)

Tropas da Força Nacional e a Polícia Federal (PF) vão seguir de perto a vacinação contra a febre aftosa, realizada por técnicos agropecuários e produtores rurais em aproximadamente 68 mil cabeças de gado localizadas nas 11 propriedades ocupadas por índios kadiwéu em Corumbá e Porto Murtinho, desde o fimde abril.

Veja Mais
Com fazendas invadidas, pecuarista relata prejuízo de R$ 300 mil e teme aftosa
Juíza cancela audiência sobre invasão de kadiwéus e envia ação para STF

A decisão foi tomada na tarde de hoje (17) durante reunião que durou uma hora entre o governador André Puccinelli (PMDB), o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, secretários do Estado e representantes de órgãos federais ligados à questão indígena, represente dos produtores rurais, além da vice-governadora Simone Tebet.

Amanhã (18), serão definidá a forma como as equipes policiais vão atuar.

Conforme o presidente da Famasul, Eduardo Riedel, que participou da reunião, a presença da Força Nacional trará segurança jurídica aos locais de vacinação, já que caso haja algum conflito aconteça durante os trabalhos, a proteção dos profissionais e dos fazendeiros fazendas só pode ser feita por policiais vinculados ao governo federal.

Já Puccinelli destaca que a vinda das forças nacionais será feita para garantir a sanidade animal do Estado. “A obrigação com as questões indígenas é da União, por isso chamamos atenção para que pelo menos nos ajude. A Força Nacional e a Polícia Federal vão garantir que os produtores vacinem seu gado”, afirma o governador.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions