A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

03/10/2015 09:11

Mulher morre e polícia descobre golpe da aposentadoria em irmã viva

Filipe Prado

Morta no dia 14 de setembro deste ano, em um acidente na MS-386, Ilma Almeida, 70 anos, usava documentos da irmã, Sônia Galeano Candida, 77, para receber o benefício da aposentadoria na cidade de Amambaí, distante 360 quilômetros da Capital. A irmã, que ainda está viva, foi considerada morta, até descobrirem o golpe depois do acidente.

Veja Mais
Receita Federal afirma que traficante não tem ligação com funcionário do órgão
Foragido é preso com meia tonelada de droga em carro da Receita Federal

Conforme o registro da polícia, Ilma e a filha, Cida Ribeiro, 48, praticavam o golpe sem que a vítima desconfiasse. Após a morte de Ilma, a polícia considerou Sônia morta, já que os documentos encontrados no local do acidente estavam em nome da mulher.

O caso foi descoberto na manhã de ontem (2), quando foram solicitados, pela funerária à Funai (Fundação Nacional do Índio), os documentos originais de Sônia. A fundação procurou liderança indígena, descobrindo que ela estava viva no município de Laguna Caarapã, na Aldeia Gaimbé.

Foi lavrado um atestado de óbito onde consta que Sônia morreu, o que deve ser mudado, assim que a vítima provar à Justiça o contrário. O caso foi registrado como falsidade ideológica.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions