A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

07/05/2013 20:10

Radialista volta para casa após um mês internado no Hospital Evangélico

Gabriel Neris
Radialista recebe familiar no quarto do Hospital Evangélico de Dourados (Foto: Eliel Oliveira/Diário MS)Radialista recebe familiar no quarto do Hospital Evangélico de Dourados (Foto: Eliel Oliveira/Diário MS)

O radialista Adonildo dos Santos, de 53 anos, voltou para casa nesta terça-feira (7) exatamente um mês depois de ser agredido com um pedaço de pau na cabeça em briga generalizada envolvendo torcedores de Ivinhema e Misto no estádio Saraivão, no município de Ivinhema.

Veja Mais
Um mês após confusão, radialista sai de UTI e pode ter alta nesta terça
Radialista tem melhoras, mas permanece na UTI depois de 15 dias internado

A pancadaria aconteceu no dia 7 de abril. O Ivinhema venceu a partida válida pelas quartas-de-final do Campeonato Estadual por 3 a 1 e garantiu vaga na fase seguinte. O Misto, de Três Lagoas, foi eliminado. Após o encerramento da partida, os torcedores entraram em conflito.

Adonildo estava no estádio como torcedor. Pagou ingresso e assistiu à partida das arquibancadas do Saraivão. O radialista estava internado na UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) do Hospital Evangélico, em Dourados, com traumatismo craniano.

O radialista retorna para Três Lagoas, onde reside e trabalha. De acordo com o Dourados News, Adonildo passará por tratamento psicológico. Conforme os familiares, o radialista está lúcido, mas ainda não poderá receber visitas, pois o sistema imunológico ainda está debilitado.

O delegado responsável pelo caso, Ricardo Henrique Cavagna, disse ao Dourados News que falta somente o depoimento do radialista para que o inquérito seja concluído. Quatro foram indiciadas, sendo todas de Ivinhema.

Além de Adonildo, outras cinco pessoas ficaram feridas, mas sem gravidades. Todos os indiciados estão em liberdade. “Até o momento não tenho requisito legal para pedir a prisão deles, apenas após concluir o inquérito é que vamos tomar as medidas cabíveis”, disse o delegado ao Dourados News.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions