A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

06/07/2011 20:31

Suspeito de ter feito aborto em Marielly não é enfermeiro

Paulo Fernandes

O Coren-MS (Conselho Regional de Enfermagem de Mato Grosso do Sul) informou, nesta quarta-feira, que o suspeito de ter estar envolvido na morte de Marielly Barbosa Rodrigues, de 19 anos, não é um profissional da área.

Por meio de uma nota de esclarecimento, o Coren-MS afirmou que o nome dele não consta no banco de dados de profissionais registrados no Conselho Federal de Enfermagem. “É importante salientar que ainda que o suspeito possua alguma formação, encontra-se no exercício ilegal da profissão”, diz.

No documento, o Conselho Regional explica quem de acordo com a Lei 7498/86, que regulamenta o exercício profissional da categoria, “a enfermagem e suas atividades auxiliares somente podem ser exercidas por pessoas legalmente habilitadas e inscritas no Conselho Regional de Enfermagem com jurisdição na área onde ocorre o exercício”.

Instrumentos cirúrgicos e medicamentos foram apreendidos em uma casa, na semana passada, em Sidrolândia - a 70 quilômetros de Campo Grande. Marielly pode ter feito ali o aborto que a levou à morte.

Foram localizadas na residência três caixas com medicamentos, além de tesoura, pinça e outros instrumentos hospitalares. O suspeito nega envolvimento. Ele disse que trabalha com estética.




acho que tem omissão no caso dessa moça genteeeeeeeeee cade a policia que quando quer descobre tudo em 24 horas que tem por traz disso tudo mostem por favor que temos pessoas competentes e interessadas mostem trabalho prendam os acusados sejam quem for por favor
 
soraia lombardi em 06/07/2011 09:45:56
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions