A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 30 de Setembro de 2016

16/12/2014 12:13

Cidade de MS lidera ranking dos 20 maiores produtores de madeira

Caroline Maldonado
Fibria, uma das maiores do mundo em papel e celulose, também tem unidade em Três Lagoas (Foto: Folha Online)Fibria, uma das maiores do mundo em papel e celulose, também tem unidade em Três Lagoas (Foto: Folha Online)
Maior fabrica de celulose do mundo pertence a Eldorado e fica em Três Lagoas (Foto: Divulgação)Maior fabrica de celulose do mundo pertence a Eldorado e fica em Três Lagoas (Foto: Divulgação)

O município de Três Lagoas, a 338 quilômetros de Campo Grande, lidera a lista dos 20 maiores produtores de madeira em tora para papel e celulose do Brasil. A produção expressiva coloca Mato Grosso do Sul como quarto maior produtor da matéria-prima, com plantação de 8.033.052 metros cúbicos, segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) referentes a 2013.

Veja Mais
Gigantes da celulose transportaram 1,6 milhões de toneladas neste ano
Faturamento do setor de Papel e celulose estimado em R$ 4 bi no ano

A pesquisa, divulgada hoje (16), revela que São Paulo é o principal produtor, com 17.959.952 metros cúbicos, seguido pelo Paraná, que produz 11.929.375 metros cúbicos; Bahia, com 11.277.671 metros cúbicos e Santa Catarina, com 8.147.556 metros cúbicos. O ranking dos 20 maiores produtores tem em segundo lugar Telêmaco Borba (PR), em seguida Almeirim (PA); Conceição da Barra (ES) e Nova Viçosa (BA).

O Estado se destaca também como terceiro na lista dos com maior produção de carvão vegetal da silvicultura, sendo responsável por 162.500 toneladas, conforme a pesquisa. Juntos, Mato Grosso do Sul; Minas Gerais; Maranhão (449 974 toneladas) e Bahia (118 266 toneladas) concentram 93,9% da produção. O principal produtor, Minas Gerais, concentra 82,9% da produção nacional, 5.583.166 toneladas, com crescimento de 9,5% em 2013, na comparação com 2012.

Entre os produtores de erva-mate, Mato Grosso do Sul, fica em quarto lugar, com 0,05% da produção nacional, 183.000 toneladas. O líder do setor é o Paraná (73%), em seguida tem-se Santa Catarina (20,9%) e Rio Grande do Sul (5,9%). Em 2013, o país produziu 344.594 toneladas de erva-mate, o que representa 36,4% a mais que em 2012.

O Estado é um dos que tem municípios que investem em produção de folhas de eucalipto. Em 2013, o país contabilizou 56 743 toneladas, crescendo 22,1% em relação a 2012. Segundo o IBGE, foram apenas 16 municípios produtores, distribuídos em Minas Gerais (São João do Paraíso, Ninheira, e Berizal), São Paulo (Santa Maria da Serra, Torrinha, Ubirajara, Dois Córregos, São Pedro, Guaimbê, Mineiros do Tietê e Bauru), Mato Grosso do Sul (Três Lagoas, Água Clara, e Antônio João) e no Paraná (Corbélia).

Os municípios de Aquidauana e Ribas do Rio Pardo se destacam na produção de carvão vegetal, além de Grajaú, Buriti Bravo (MA) e Baianópolis (BA). Mato Grosso do Sul fica em segundo lugar neste segmento, com produção de 206.312 toneladas. O principal produtor é o Maranhão, com 316.445 toneladas. Em terceiro, lugar está o Piauí, com 112.695 toneladas); seguido da Bahia, com 102 mil toneladas e Minas Gerais, com 101.045 toneladas. A produção nacional ficou em 1.006.554 toneladas em 2013, o que significa queda de 13,2% em relação a 2012.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions