A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 29 de Setembro de 2016

20/08/2015 17:44

Com incentivos fiscais, indústria expande e inicia nova produção

Mariana Rodrigues

O município de Inocência-distante 339 km de Campo Grande, vai iniciar a produção do primeiro leite condensado e leite UHT produzido no Estado nos próximos 15 dias. Com isso diretores da indústria assinaram ontem (19), com o governo do Estado o termo de incentivos fiscais possibilitando sua ampliação.

Veja Mais
Dezenove indústrias terão incentivos para gerar 1,7 mil empregos em MS
Indústrias investem alto em tecnologia para liderar mercado e driblar crise

A Indústria e Comércio de Laticínios Aporé, hoje produz requeijão, bebidas lácteas, leite em pó, manteiga, queijo fatiado e ralado. Com a ampliação estão previstos a criação de 243 empregos diretos.

Segundo o secretário Jaime Verruck da Semade (Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico), a troca de incentivos fiscais por benefícios é uma forma para atrair novos empreendimentos.

“Esta troca, de incentivos fiscais por emprego, demonstra que vale a pena conceder benefícios para atrair novos empreendimentos e expandir os que já existem. A descentralização da economia e diversificação da produção é uma marca deste governo” afirmou.

A Aporé vai iniciar a produção do primeiro leite condensado produzido em Mato Grosso do Sul nos próximos 15 dias. Até dezembro de 2015, a fábrica iniciará a produção de leite UHT.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions