A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

27/10/2016 10:49

Decisão do STF pode negar 100 ações de desaposentadorias em MS

São mais de 100 processos que correm na Justiça de MS com pedidos de desaposentadoria

Renata Volpe Haddad

Diante da decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) desconsiderando a desaposentadoria, ou seja, negando que os aposentados que continuam trabalhando e contribuem com o INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), tenha a aposentadoria recalculada, mais de 100 ações na Justiça em Mato Grosso do Sul podem ter o benefício negado.

Veja Mais
Por 7 votos a 4, Supremo decide que desaposentadoria é ilegal
Em decisão inédita, Justiça Federal aceita pedido de desaposentadoria

No dia 14 de outubro deste ano, em uma decisão inédita, o TRF3 (Tribunal Regional Federal da 3ª Região SP/MS) aceitou o pedido de desaposentadoria de uma idosa de Campo Grande. Porém, a mulher pode perder o processo depois da decisão do STF, divulgada na tarde de ontem (26).

De acordo com o advogado Mauro Gomes Lira, do escritório Otton Nasser Advogados Associados, agora é preciso aguardar as próximas discussões. "Vamos aguardar essa repercussão jurídica e os caminhos que vamos traçar para resolver isso e não deixar que os aposentados sejam prejudicados", alega.

Segundo Lira, são muitos processos na Justiça que ainda estão aguardando uma decisão. "Os processos estão em tramitação mas essa decisão do STF pode prejudicá-los".

Para o presidente do Sindicato Nacional dos Aposentados, Jânio Batista Macedo, a decisão do supremo desapontou os idosos. "Esperávamos uma atitude contrária, já que, o dinheiro que o governo recolhe desses aposentados que continuam trabalhando não tem retorno. Eles contribuem e o dinheiro arrecadado fica todo para o governo, isso é injusto", alega.

Macedo diz ainda que vai a São Paulo se reunir com as lideranças para conscientizarem os aposentados sobre essa decisão do supremo. "Vamos fazer protestos no início do próximo ano pedindo que a Previdência Social crie uma regra para regularizar a desaposentação e começar a fazer o recálculo do período trabalhado desses aposentados que contribuem com o INSS".

O presidente diz ainda que no Estado, há de 80 a 110 processos pedidos na Justiça de desaposentadoria.

Por 7 votos a 4, Supremo decide que desaposentadoria é ilegal
O STF (Supremo Tribunal Federal) decidiu nesta quarta-feira (26) considerar ilegal a desaposentadoria - a possibilidade de o aposentado pedir a revis...
Em decisão inédita, Justiça Federal aceita pedido de desaposentadoria
Decisão inédita em Mato Grosso do Sul, um pedido de desaposentadoria foi aceito pelo TRF3 (Tribunal Regional Federal da 3ª Região SP/MS), no dia 14 d...
Desaposentadoria, direito reconhecido!
Os beneficiários do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que mesmo após se aposentar continuaram contribuindo para o Regime Geral da Previdênci...
STJ diz que trabalhador pode pedir desaposentadoria sem devolver valores
Trabalhadores que optaram pela aposentadoria parcial e que desejam renunciar ao benefício para requerer outro mais vantajoso poderão fazê-lo sem ter ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions