A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 30 de Setembro de 2016

23/07/2015 11:12

Mesmo com queda de ICMS, preço do diesel se mantém próximo de R$ 3

Caroline Maldonado
Litro do diesel sai por R$ 2,980 no posto Janjão, que fica na saída da cidade, na Rua Albuquerque, que dá acesso à BR-262 (Foto: Diário Corumbaense)Litro do diesel sai por R$ 2,980 no posto Janjão, que fica na saída da cidade, na Rua Albuquerque, que dá acesso à BR-262 (Foto: Diário Corumbaense)

Apesar da redução na alíquota do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) do diesel, o preço do combustível continua muito próximo de R$ 3 em Corumbá, a 419 quilômetros de Campo Grande. Houve queda de R$ 0,14 no preço, mas o frete e a baixa concorrência fazem com que os postos não cobrem menos que R$ 2,980 pelo litro.

Veja Mais
Preço do diesel cai e MS se torna competitivo em relação a São Paulo
Campo Grande registra preço mínimo do diesel a R$ 2,73, valor mais baixo em MS

O "preço é melhor" nos estabelecimentos que ficam próximo a saída da cidade, segundo o Setlog (Sindicato das Empresas de Transporte de Carga e Logística de Mato Grosso do Sul). “Os postos de rodovia estão empenhados em derrubar os preços. Já os do Centro ainda não se convenceram muito da redução, até porque têm uma clientela mais elitizada, que não é de caminhões e sim caminhonetes. Além disso, não têm muita concorrência”, explica o presidente do Setlog, Cláudio Cavol.

O sindicato acredita que nas próximas semanas o preço deve cair um pouco mais e então ficar no patamar ideal. “Percebemos que o preço baixou em torno de R$ 0,14 em postos de rodovia, mas acreditamos que até meados de agosto cairá mais R$ 0,08 ou R$ 0,10 e ficaríamos com redução total de R$ 0,20 a R$ 0,23”, prevê Cláudio.

Frete - Conforme a direção de alguns postos, o motivo da diferença média de R$ 0,23 entre os preços praticados na Capital e em Corumbá é a distância, pois o produto é comprado de distribuidora de Campo Grande. No posto 10, no Centro de Corumbá, o litro do diesel, que antes estava R$ 3,180, hoje (23) sai por R$ 3,010, diferença de R$ 0,17 centavos.

O gerente Alessandro Moraes explica que houve redução no preço desde que o imposto baixou. “São dois motivos que mantem esse preço: de R$ 0,11 a R$ 0,12 por litro é gasto com o frete. Além disso, em Campo Grande, as vezes tem distribuidora que negocia preço melhor com postos de lá, onde tem concorrência maior”.

Menor preço – Conforme a percepção do Setlog, o diesel custa menos em postos próximo as rodovias. O litro sai por R$ 2,980 no posto Janjão, que fica na saída da cidade, na Rua Albuquerque, que dá acesso à BR-262. O posto garante que o valor já caiu R$ 0,18, pois a há três semanas, era cobrado R$ 3,160. Segundo um dos frentistas, a diferença é em torno de dois ou três centavos a mais no concorrente mais próximo.

Conforme pesquisa feita em nove postos, pela ANP (Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis), o litro do diesel custava em média R$ 3,163 até o último sábado (18). No entanto, nesse período já era feito preço menor e a realidade dos preços custa a refletir nos dados da agência, segundo o presidente o Setlog.




Coitado de quem mora em Corumba, pagar 3,62 na gasolina sendo que em Campo Grande tem posto da PTrobras a 2,80
 
wild em 23/07/2015 20:46:09
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions