A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 25 de Setembro de 2016

28/04/2015 16:24

Mesmo na crise, douradense pretende gastar R$ 200 para presentear a mãe

Diferente da média estadual, com retração de 7%, em Dourados a movimentação econômica deve crescer 43,63% no Dia das Mães

Helio de Freitas, de Dourados
Movimento no centro comercial de Dourados ainda é pequeno, mas CDL prepara campanha para incentivar consumidor (Foto: Eliel Oliveira)Movimento no centro comercial de Dourados ainda é pequeno, mas CDL prepara campanha para incentivar consumidor (Foto: Eliel Oliveira)

Pelo menos 86% da população economicamente ativa de Dourados, a 233 km de Campo Grande, vai comprar presente no Dia das Mães deste ano, revela pesquisa realizada de 9 a 18 de abril pela Fecomércio MS (Federação do Comércio de Mato Grosso do Sul) em parceria com Sebrae/MS, Universidade Uniderp-Anhanguera e Fundação Manoel de Barros. Mesmo com a crise econômica do país, o douradense é o que está disposto a gastar mais com presente. O valor médio será de R$ 200, o maior entre as cidades sul-mato-grossenses onde o levantamento foi feito.

Veja Mais
Dia das Mães movimentará R$ 214 mi, mas consumidores vão gastar menos
Receita de MS terá acréscimo de R$ 800 mi com PEC do Comércio Eletrônico

Outro dado positivo na maior cidade do interior do Estado destacado na pesquisa da Fecomércio é que, diferente da média estadual, que será de retração de 7%, em Dourados a movimentação econômica deve crescer 43,63% com as vendas do Dia das Mães, atingindo R$ 16,9 milhões.

Pela quinta vez a Fecomércio realiza a pesquisa de opinião pública sobre o comportamento e expectativa de consumo durante o Dia das Mães. Além de Dourados, a sondagem foi feita em Aparecida do Taboado, Aquidauana, Anastácio, Campo Grande, Chapadão do Sul, Corumbá, Ladário, Naviraí, Nova Andradina, Ponta Porã, São Gabriel do Oeste e Três Lagoas.

Duas mil pessoas foram entrevistadas em diversos pontos de circulação e comercialização de cada uma das cidades, com nível de confiança de (95%) e erro amostral de (2,2%).

À vista e no débito – A maioria dos douradenses ouvidos afirma que vai pagar as compras à vista ou através do cartão de débito (57%). Já o cartão de crédito será utilizado por 34%. “Quando a opção for o pagamento das compras a prazo, (55%) dos consumidores pretendem saldar em até três parcelas, o que mostra que o consumidor não quer compromissos longos”, avalia o presidente da Fecomércio MS, Edison Araújo.

Na segunda maior cidade de Mato Grosso do Sul, 73% dos que vão comprar presentes pretendem homenagear as mães, 16% as esposas e 11% as sogras. O local preferido para as compras será no centro da cidade (76%), nas lojas do Shopping Avenida Center (15%), na internet (5%), supermercados (3%) e nas lojas dos bairros (2%).

Os presentes – Calçados (23%), bolsas e acessórios (16%), perfumes (15%) e vestuários (12%) formam a maior parte das escolhas na hora de presentear as mães. Entretanto, a pesquisa mostra que alguns filhos vão comprar presentes diferentes. Pelo menos 3% dos entrevistados pretendem comprar eletroeletrônicos e 10% deverão escolher eletrodomésticos.

Entre os eletroeletrônicos, 42% vão comprar uma televisão, 33% celulares e 17% tablet. Já entre eletrodomésticos, 23% vão comprar um forno de micro-ondas, 17% um liquidificador e 11% uma batedeira ou ar condicionado.

CDL – O presidente da CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas) de Dourados, Geovani Dal Molin, informou hoje ao Campo Grande News que a campanha do Dia das Mães está sendo finalizada e o material de divulgação chega nesta semana às lojas. Ele não revelou, no entanto, os detalhes da estratégia para incentivar o douradense a comprar no comércio local nem se haverá sorteio de prêmios.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions