A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

12/12/2013 06:02

Wood’s decepciona na 1ª noite, com fila de mais de 3 horas e desorganização

Anny Malagolini
Fila de quarteirões em frente á Wood's. (Fotos: João Garrigó)Fila de quarteirões em frente á Wood's. (Fotos: João Garrigó)

A ideia era relatar como é a mais nova casa de shows da cidade, mas nem todo mundo se sujeita a ficar 3 horas em pé numa fila esperando a entrada. Então, só deu para voltar para a casa com uma péssima impressão da primeira noite da Wood’s Campo Grande.

Veja Mais
Wood’s abre amanhã, mas ainda sem nenhuma grande atração programada
Wood’s abre dia 11 de dezembro, com ingressos entre R$ 25 e R$ 1.6 mil

Mesmo no papel de jornalistas, a equipe do Lado B chegou cedo para aguardar como qualquer pessoa a hora de conhecer o tão falado espaço, já com filiais espalhadas por São Paulo e Paraná. Talvez, se tivéssemos “furado a fila” com credenciamento de imprensa, não teríamos visto a realidade da noite e como o campo-grandense baladeiro é “bonzinho” e paciente, capaz de ficar muito mais tempo do lado de fora, quem sabe até 5 horas.

Como a assessoria informou, na hora marcada para a abertura da portaria, lá estávamos nós e uma multidão esperando para comprar os ingressos. A primeira decepção veio de cara: a falta de um funcionário para dar informações corretas ou, pela lógica, colocar ordem na fila.

Depois, foi uma chateação atrás da outra. Tudo bem que ninguém esperava algo diferente no dia da inauguração da casa noturna de grife, uma das mais famosas do País. “Todo mundo sabia que seria assim. Mas acho que podia ser mais rápido se fosse organizado. Também faltou segurança”, avalia o estudante Lucas Tavares.

Camila Seco, 24 anos, joga um balde de água fria em quem pensa que esse tipo de demora é coisa de inauguração. “Tá entrando de dois em dois, vai demorar muito. Já estive na Wood's em Belo horizonte, lá é do mesmo jeito, sempre segurando as pessoas”, informa.

Equívocos - Os responsáveis não cumpriram o horário divulgado e a bilheteria só começou a funcionar muito depois do previsto, por volta das 23 horas. “É muita desorganização. A divulgação do evento informou que os convites começariam a ser vendidos às 21 e 30, depois passaram para às 22 e depois para as 23”, reclama Larissa Moraes, de 23 anos.

Nessa altura do campeonato, tudo já havia virado uma confusão de dois quarteirões. “Fila é o mal de Campo Grande. Os empresários parecem que fazem para chamar atenção”, comenta o estudante Rodrigo Cardoso, de 19 anos.

Às 23h, fila ainda era enorme...Às 23h, fila ainda era enorme...
e sem hora para acabar.e sem hora para acabar.

A Wood’s cumpriu os requisitos de acessibilidade, mas não teve sorte e na “hora H” o elevador para cadeirantes resolveu enguiçar e o cliente na cadeira de rodas só chegou à entrada na base da força dos seguranças.

Quando tudo chega a um ponto crítico como na noite de quarta-feira, a cidade é a primeira a virar alvo. “Campo Grande só tem isso. Nunca tem muita opção. Vou ficar, mas o limite para entrar é 2 horas da manhã”, avisa o “paciente” Eduardo Zamban, também de 19 anos.

Para piorar, não apareceu nem um ambulante para vender água ou uma cervejinha, mas isso seria luxo diante da aglomeração. “Cheguei cedo, às 8 da noite, porque sabia que seria esse tumulto para entrar. Mas só não ficou pior porque nós mesmos organizamos a fila”, lembra Tihara Beaigere, 28 anos.

No estacionamento lotado em questão de minutos, gente ainda tentava entrar, porque não havia ninguém para pendurar uma plaquinha de “sem vagas”, o que transformou a Afonso Pena em um caos, justamente na altura da Cidade do Natal, que também começa a funcionar nesta quinta-feira.

Cristiane Rodrigues, 26 anos, contabiliza 30 minutos dentro do carro, no engarrafamento, sem o auxílio de policiamento de trânsito. “Nunca imaginei que estivesse assim. Vou fazer o retorno e voltar pra casa”.

Pamela Mello e amiga Mayara Saab chegaram às 21h e por volta das 22h30 desistiram, apesar de já terem investido R$ 20,00 em um estacionamento na região. Para não perder a produção, que exigiu horas no cabeleireiro, as duas pegaram o rumo de outra balada. “Vamos entrar na Valley. Se eu soubesse que seria assim, nem tinha vindo.”

Agora, as duas juram que só voltam se houver uma grande novidade. “Se tiver alguma dupla famosa sim, coisa local não vale. É muito lotado”, justifica Pamela, lembrando que as atrações anunciadas até agora são apenas locais.

Para quem estiver disposto, a Wood's abre novamente no próximo sábado.

Congestionamento na Afonso Pena.Congestionamento na Afonso Pena.
Pessoas contabilizaram meia hora no engarrafamento.Pessoas contabilizaram meia hora no engarrafamento.



fiz um ninho em Campo Grande, só pra garça descansar, mas ela não está aquiii, mas o
bairro amambaí, espera a garça voltar. Não percam hoje na " vuds " Delei e Dorivan,
ingressos antecipados na bar escobar, banca do hélio ( dom aquino ) e terminais rodoviarios
de transbordo.
 
oziel sortica em 13/12/2013 13:55:26
Negocio é o seguinte , para quem acha que não teve nenhuma atração nacional , sinto em informar mais teve sim, Fernando e Sorocaba, Maria Cecilia E Rodolfo , Fred do Fred e Gustavo , Pedro e Henrique do Pedro Henrique e Fernando e foi TOP , perderammm. A casa é linda demais , fui muito bem atendida, me diverti um monte e sabado estarei lá novamente. Quanto as filas, só posso falar que era obvio que ia ter fila grande, primeiro por ser inauguração , segundo pq tinham cinco mil pessoas para entrar numa casa que cabe 1200 , terceiro estranho seria se não tivesse nenhuma fila no local em plena inauguração. Em todo e qualquer lugar do mundo existe fila ( supermercado, balada, medico, hospital, ate motel). Quem não quer pegar fila não sai de casa ou compra um bangalo , uma mesa. Resolve né
 
Erica Borges em 13/12/2013 10:39:10
Olha, vcs falam de mais.... Eu poderia ter ido, preferi nao ir, todos estao reclamando, nao so das 3 hras de espera mas pela falta de consideração dos organizadores, reservar a mesma mesa para 3 ou mais pessoas e quem depositar primeiro leva ? como assim,? se fosse pra ser assim nao teria reserva antecipada, seria venda de bilhete na hora, e outraaa, qual o motivo pro elevador para cadeirantes nao estar funcionando ? se o local e completamente reformado, e inovado ?
Espero que isso seja apenas a inauguração, pois como dizem a Woods, e a casa de musica sertaneja com a maior fama do Brasil, mudando os organizadores isso melhora!
 
Gabriela Barbosa em 13/12/2013 00:09:16
Gente já não é mais tempo de sermos desrespeitados.
Tem tanto programa bom a ser feito com a galera que vc curte.
Vimos o engarrafamento, demos meia volta e fomos tomar agua de coco (para mim que estava dirigindo), violao e muita conversa boa. Nossa noite foi muito agradavel!
Wood's não coloca minha galera em fila!
Queremos um pais melhor, por isso nos respeitamos!
 
Joao Paulo Yuris em 12/12/2013 23:29:19
Fila em Campo Grande é cultural. O local as vezes está vazio, mas a fila ta la enorme.
Desrespeito ao ser humano.
 
Patrik Siqueira em 12/12/2013 20:10:18
Aii aii, eu acho poko p esse povo que vive de status, modinha, isso e aquilo, para os donos tudo ok casa cheia pahh, agora ficaram na fila mais de horas e ainda querem reclamar, aff, campo grande não é mais a mesma a tempos, não se tem mais lugares bons, e os lugares q tem rico não se mistura com pobre, aqui rola muito isso, mas enfim, falta é vergonha na cara e humildade...
 
camila oliveira em 12/12/2013 18:47:56
Campo Grande é famosa por sua falta de opção de lazer, mas na minha opinião isso é pura falta de dizer não aos lugares que atendem mal e que não tem respeito pelo consumidor. Se frequentássemos lugares que não ficam apenas na Afonso Pena, que não cobram 20 reais só pra você entrar e ganhar uma pulseirinha, que oferecem uma infraestrutura mais simples, haveria um maior número de lugares abertos em Campo Grande. Enquanto todos escolherem só um lugar pra ir e aguentar tudo o que esse lugar impõe, Campo Grande vai continuar tendo meia dúzia de opções e que nem são boas.
 
Nathalia Escobar em 12/12/2013 16:31:04
Acho muito ridiculo , as pessoas gostarem de falar mal de algo novo , qe chega para a capital , na minha opinião puro recalque , quem fala a maioria não foi e qeria estar lá , e outra qem foi e está reclamando Meus amores& amoras , me fla qe estreia não tem super lotação de publico e demora no atendimento , se vooc acho ruim , só não frequentar de novo, procura outra diverção , porqe não fooi no Circo Kroner entãoooo.
 
Emanuelly Nogueira em 12/12/2013 15:41:08
Sucesso aos proprietarios!!
 
Marcilio Galeano em 12/12/2013 15:37:59
Bom, Pra mim as pessoas deveriam se preocupar mais em aumentar o nivel intelectual delas e não ficar se preocupando e ocupando com coisas futeis (mal dos jovens hoje em dia) Quem sabe assim nao vamos parar de ver e ler coisas do tipo "poblema" e ter que ouvir musicas de baixo nivel.
 
Grazi Lima em 12/12/2013 15:11:15
tudo isso para ver quem? Led Zeppelin, Black Sabath, Deep Purple, Rush, AC/DC,
Simple Mind, INXS, Pink Floyd, Van Hallen, Aerosmith, Metallica, John Bon Jovie,
Nirvana, Guns, que nada, seria uma heresia acreditar que este povo da nossa capital
curtiria estes acima mencionados, mas quem estava por ali então, Fernando e Sorocaba, Luan Santana, Michel Teló, Munhoz e Mariano, NÃO!!! nem estes, mas então quem eram os zé roela que chamaram este povaréu todo? eta Campo Grande, acorda mané.
 
oziel sortica em 12/12/2013 14:46:12
eu fiquei duas horas na entrada dos fundos que disseram ser entrada para a imprensa e convidados vip´s... Eu que estava como imprensa não tive nenhum auxilio da assessora de imprensa que não estava nem ai para os veículos de comunicação presente e por cima depois da chegada do sorocaba da dupla fernando e sorocaba só escutei ele gritando lá de cima. - Não entra mais ninguém, chega ta tudo cheio, quem manda nessa b### sou eu, não quero mais ninguém aqui e assim os demais sócios Marcos Derzi e Raphael Cance ficaram desesperados pela atitude do sorocaba querendo proibir seus convidados vip´s... Não imaginava esse Caos Wood´s em campo grande pra mim não é mais nenhuma novidade só uma estrutura muito bacana mais sem uma produção competente assim não dá...
 
Gabriel Albuquerque em 12/12/2013 14:41:28
Se no primeiro dia foi assim, vocês já sabem o que vão encontrar nos outros. O cliente sempre tem razão rrrrssss. Só que nesse caso a razão não falou mais alto, ficar esse tempo toda numa fila pra entrar num local sem estrutura, respeito, cuidados e etc, Cuidado olhe o triste exemplo de Santa Maria, ou já se esqueceram?
 
Giselle Torchetti em 12/12/2013 13:58:07
POVO RECLAMÃO.CAMPO GRANDE TEM POUCAS OPÇOES,E QUANDO VEM COISA NOVA O POVO RECLAMA,TEM MESMO Q FICAR NA FRENTE DO PARQUE TOMANDO TERERE,COISA DE MATUTO
 
LAURA CRISRITINA em 12/12/2013 13:50:52
JÁ FORAM NA WOOD´S EM CURITIBA? BALNEÁRIO CAMBORIÚ? NÃO? HUM. IMAGINEI MESMO.
 
CLAUDIO SVAROWISKY em 12/12/2013 12:59:52
Talvez o que o pessoal da boate quis fazer foi dar a impressão que o local já estava lotado, coisa que parece ser costume por aqui.Tenho alguns colegas que gostam de frequentar a noite em Campo Grande que me disseram que em alguns locais se passa muito tempo na fila e quando voce consegue entrar o local tem apenas uma duzia de gatos pingados. Exemplo é a Valley Pub na Afonso Pena. Pois é...
 
Maria Alves em 12/12/2013 12:49:05
Fila? Em casa noturna de Campo Grande? Não acredito...
Chega a ser folclórico, mas trágico e ridículo essa mania.
Quem quiser que continue nas filas, neste ou em outros eventos.
 
Adriano Magalhães em 12/12/2013 12:43:11
Não sei por que esse povo está reclamando, ficão mesmo tempo ou mais na fila da Valley,pra pagar uma de"FITINHA'',lógico que a casa pecou na Organização,teria que ser mais planejado pra não ter o Tumulto que teve,mais campo Grandense se Resumi nisso ai povo querendo pagar uma ,pra Postar no Instagram com seu combo de vodka e fazer chekin na balada do Momento hahahahah!
 
Patrik Sandim em 12/12/2013 12:39:20
MUITAS RECLAMAÇÕES DE CAMPO GRANDE/MS, FAÇAM O SEGUINTE, VAI MORAR NESSAS CIDADES ONDE TUDO É MUITO MELHOR E SEJAM FELIZ!
 
Pedro Monteiro em 12/12/2013 12:33:58
fera deixa de papo evangélico, gasta dinheiro com balada quem quer parceiro, roupa de marca, strada com pneu bf, você esta pagando as contas de alguém ? então cuida da sua vida.
 
josé renan em 12/12/2013 12:29:18
o evangélico ali de cima ta bravo, fera gasta salário em balada quem quer, vive de status quem quer parceiro, strada com pneu bf, deixa os cara fera tu paga as conta deles. rs
 
renan renan em 12/12/2013 12:24:29
Eles fazem isso pra chamar atenção, a Valley não é diferente. Você fica mais de 4h na fila pra entrar. Eu acho uma total falta de respeito isso!
 
Yasmim Medeiros em 12/12/2013 12:22:33
Mais um bar de cachaça na Afonso Pena!!!.....é só isso mesmo em Campo Grande!!!!. Mais mortes no trânsito como os bêbados do volante vindo dos bares da Afonso Pena....tá complicado.
 
Valmir Moura Fé em 12/12/2013 12:20:04
É sempre assim com qquer tipo de novidade. Quando o Habib inaugurou e até algum tempo depois era fila o tempo todo pra entrar. O povo é igual gado quando coloca sal no cocho, vem tudo correndo, se debatendo pra dar uma linguada, depois, todos se fartam e fica sal sobrando e o cocho vazio. Nesse caso das casas de shows, pelo que vejo, a fila faz parte da balada e, em muitos casos, a fila é a balada. Abraço a todos, tô indo pra Corguinho pescar.
 
Arthur Garcia em 12/12/2013 12:02:36
Campo Grande é cidade do achismo e modismo. alguns acham ser bacana, que tem grana, tem status, quando na verdade não tem nada. Compra roupa de marca em 10x, vive em salão de beleza para se sentir mais bonita, uns tem uma picape strada com pneu BF goodrich e boné da Tommy se achando o fazendeiro. Gasta o salário em baladas e coisas supérfluas só por achar ter um "status". Coitados, esperar todo esse tempo para entrar em uma balada? coisa de TROUXA, vai estudar, viajar conhecer culturas, prestar serviços humanitários e abrir um pouco a mente.
 
renan gomes em 12/12/2013 11:55:02
Pelo menos assim os empresarios tem concorrencia, isso é muito bom para capital...
 
Pedro Ricardo em 12/12/2013 11:52:33
No tempo que eu morava em Campo Grande as pessoas não eram tão futes, fico envergonhado em saber pelo facebook, que estão zoando a minha cidade natal, por metade da cidade querer ir num localzinho, que é para beber e usar drogas, e cair na pegação.
 
Robson Medina em 12/12/2013 11:41:31
Campo grandense é muito troxa, querem ir no dia da inauguração e quer que esteja vazio? O modismo é tão grande que todo mundo quis ir no primeiro dia, a woods vai continuar la, não vai sair, vocês podem ir outros dias. Pff
 
Beatriz Vieira em 12/12/2013 10:54:48
A partir do momento que algo está desorganizado, como demora na venda de convites, falta de funcionários para informações, a culpa é sim da casa, não vamos questionar o óbvio. É fato que o local estaria cheio, afinal, não se tem muitas opções em Campo Grande. Acho o cumulo com a tecnologia que temos hoje em dia, as casas não oferecerem um sistema que torna ágil a entrada. Na minha opinião, balada não dura aqui, pq só a galera nova tem disposição de ficar em filas. Pessoas que já não fazem parte dessa geração animada, não se sujeitam a isso, e nem sempre todos querem comprar um camarote, querem apenas curtir um ambiente bacana com os amigos, mas é completamente desanimador a função desgastante que é para entrar.
 
Bruna Silva em 12/12/2013 10:54:27
É nessas horas que eu não agradeço a Deus(e repenso o fato de não passar mais acreditar nEle!): Obrigada Senhor! Por eu nem saber do que se trata essa woods, e nem saber onde fica em CG ou em qualquer lugar!
 
JESSICA MACHADO em 12/12/2013 10:46:49
O povo adora reclamar. Vai a cidade inteira na balada, e não querem congestionamento e nem filas? Mew, isso nao existe nem lugar nenhum. E dai a culpa e do estabelecimento! Ah, por favor....
 
Suelen Borges em 12/12/2013 10:46:47
Já era de se esperar a desorganização na inauguração da Wood`s, nos anuncio da inauguração vc via q iria ser desorganizado. Porque na véspera da inauguração eles ainda não tinha decidido q atração apresentar, foi tudo resolvido em cima da hora, até o alvará de vistoria de prevenção e combate a incêndio foi feito no dia da inauguração as presas, da até pra desconfiar, né?? e ainda os baladeiros queriam q fosse tudo certo, perfeito?? Só na cabeça deles mesmo!! A culpa é de ambas as partes, dos baladeiros impaciente por não querer esperar as coisas melhorarem para depois começar a frequentarem... "Não mas querem ir logo de cara"... e dos organizadores da Wood`s pela falta de organização e de respeito com os clientes...Os donos não dão a mínima pra isso... Não precisam disso pra sobreviver!!
 
Cassia Bernuncio em 12/12/2013 10:31:51
A woods realizou sua inauguração em uma quarta-feira quando praticamente todos os universitários da cidade estavam de férias estudantis.
Convenhamos, o que se tem para fazer em uma quarta-feria em campo grande? praticamente nada.
A aglomeração é óbvia e esperada, sempre foi e sempre será assim.
Todos meus amigos que compareceram ao evento gostaram muito e elogiaram muito o local.
Agora não é por causa de pessoas que resolvem sair de cara as 23hrs e querem chegar no local e entrar imediatamente que devemos julgar o estabelecimento.
Essa matéria, na minha opinião, foi comprada pela valley.
Ao invés de reclamar sobre o local, temos que agradecer por ter mais 1 ponto para se divertir durante a noite.
 
Lucas Marques Kanamura em 12/12/2013 10:25:29
Vcs precisam ver como amanheceu o lado de fora, próximo ao posto de combustível, cheio de garrafas e lixo jogados ao chão.
 
WALDEMIR DA SILVA FERNANDES em 12/12/2013 10:25:05
As pessoas se sujeitam a isso, provavelmente será assim por um bom tempo, até que abra outra nova opção e a manada esvazie o lugar...
 
Lincoln Garcia Silva em 12/12/2013 10:22:59
Como Campo-grandense é engraçado, reclama da cidade, a culpa do empresário, de coisa que é de fora. E mais ainda, continua dando dinheiro a esses "empreendedores", que tomam $$ por uns seis meses..uma ano e vai embora.
E pior ainda, continuam pagando, após ficar 2,3 horas numa fila...dá licença meu povo..isto é falta de vergonha, de orgulho próprio. Ficar uma horaa..um pouqnho mais...era inauguração tudo bem, mas 3 hs??? Dá licença, vcs merecem.
E ainda vejo um comentário assim: "As duas juram que só voltam se houver uma grande novidade. Se tiver alguma dupla famosa sim, coisa local não vale. É muito lotado”....
** Que coisa nova desvalorização do que é nosso e já dizem q voltam: para que o empresário vai se preocupar.... VCS Merecem todo o respeito dele. Continuem !!!
 
Lucio Borges Ortega em 12/12/2013 10:03:27
Moro em São Paulo e frequento a Woods daqui. Morei 14 anos em Campo Grande e de fato, aglomeração em determinados lugares bons é natural, e em CG mais, pelas poucas boas opções de casas/baladas. Em relação a Woods, todos sabem (ou deveriam saber) que não tem privilégios (e isso é o bom, porque não ficarão 4 horas numa fila e se depararão com um monte de "pops" furando, como ocorre em outra casa aí). Em SP, em BH, é tudo igual, meu povo! É chegar cedo e correr p/ o portão ou comprar seu camarote. Não obstante os problemas de elevador (que podem ocorrer em qualquer lugar e momento) e a falta de 1 funcionário, com respeito a todos, me desculpem, mas vai a cidade toda na inauguração e a demora para entrar é culpa da casa? Tenha santa paciência!
 
Francieli Garcia em 12/12/2013 09:59:30
O importante é tirar uma foto lá e postar no facebook.
 
Mara Lima em 12/12/2013 09:45:21
Algumas constatações:
1 - Plena falta de organização e respeito por parte do estabelecimento.
2 - Todo mundo sabe que a maioria dos campo-grandenses gostam de enfrentar fila.
3 - Dúvida pertinente : tirando estudantes que não trabalham, o que esse bando de gente faz em plena quarta -feira em uma casa de shows? férias? não trabalham? péssimos profissionais?
 
Lucas Madeira em 12/12/2013 09:44:03
Que é isso, quem é a celebridade internacional que veio a esse lugar, ainda bem que não sou modista.
 
jose carlos em 12/12/2013 09:28:52
Fila de posto de saúde pra quem precisa, isso sim é decepção. Fila de balada só pega quem quer.
 
Bianca Bianchi em 12/12/2013 09:24:26
Ainda bem que não fui, mas não era por falta de vontade e sim de tempo.
E é só o primeiro dia da casa espero que melhore, o pessoal vive reclamando só que em todos esses anos de valley sempre pegaram filas enormes para entrar na casa.
 
Albert Nitches em 12/12/2013 09:15:52
CAMPO GRANDE INTEIRO RESOLVE IR PARA O MESMO LUGAR E CASA DE SHOWS É QUE TEM A CULPA???.... AAAHHH SIM ! ESSA HISTORIA DE "MODINHA" DA NISSO MESMO... SÓ ACHO QUE DEVERIAM TER DADO UM POUCO MAIS DE INSTRUÇÃO AOS COLABORADORES DO LOCAL E AGUARDAR UM POUCO ANTES DE FAZER UMA REALIZAÇÃO TAO GRANDE!!
 
INGRED MONTEIRO em 12/12/2013 09:05:27
Pessoal, a bagunça toda foi para ver uma atração local?! vejam pelo lado bom! pelo menos valorizam o que é da terra! kkkkkk mas é uma judiação ver o povo se matando por uma diversãozinha...eu hein! mas para quem já enfrenta filas do sus e do banco, isso aí é fichinha né
 
Dani Pacheco em 12/12/2013 09:00:00
Gostaria que essas pessoas tivessem toda essa paciência na fila do ônibus, não tem nenhuma linha que demore 2h para passar, todo esse animo pra fazer um trabalho voluntário mesmo dentro da família, quero ver quem dedica 4h pra trocar ideias com seus pais ou avós. Cade os jovens "cara pintadas" por causas públicas e relevantes?
 
Silvana S Pereira em 12/12/2013 08:59:06
Todo mundo reclama e depois de amanhã está todo mundo lá novamente se não tiver fila julga que a balada está "fraca" e vai embora. Fila é a "alma do negócio" em Campo Grande! Chega ao cúmulo de ter fila pra comprar coisas no bar... Fila pra ir no banheiro, resumindo: O que deveria ser sinal e sinônimo de desrespeito com o consumidor virou marca de casa badalada. VIVA A FILA!
 
Rafael Domingues de Santana em 12/12/2013 08:55:09
Se as pessoas pararem de mendigar entrada na noite as filas acabam.
Está cheio, tem fila, vá para outro. Ainda mais pra quem gosta de sertanejo, opção não falta.
 
Alexandre Silva em 12/12/2013 08:51:48
Decepção? Não é culpa da Woods, é culpa do povo! Vai 5000 pessoas na fila para uma casa que sei lá, cabem 1000? Além disso é o primeiro dia da casa, o campo-grandense que é impaciente e fica nessa tara de querer ir na inauguração e querer tudo perfeito... Com o Outback vai ser a mesma coisa ano que vem, vai ter outras 5000 pessoas querendo ir lá comer, tomar um chopp, não adianta, que não vai dar... Tem que dar um tempo para essas novidades.
 
Érico Correa Lopes em 12/12/2013 08:50:45
Gente temos uma casa em campo grande que se chama ROTA ACÚSTIVA,TDAS AS QUINTA FEIRA - SERTANEJA Sábado - Samba da melhor qualidade - Domingo - Os mochileiros...
 
Carlos Pavão em 12/12/2013 08:36:13
Houve um tempo que eu aguardava horas em uma fila para entrar e gastar horrores e tudo isso pra que? Para ver as mesmas pessoas , ouvir as mesmas músicas, fitagem sem fim...affff!!!! Mas tem gente que não evolui nunca , quanto a isso SOLAMENTO.
 
Dayane Fernandes em 12/12/2013 08:22:22
Dizem que o mundo é redondo para que os trouxas não possam se esconder pelos cantos. Vai daí que...
 
Edir Viégas em 12/12/2013 08:18:14
Vocês sabem que são os donos de recinto? não? são pessoas que não depende desse espaço pra sobreviver por isso funciona assim.Pense nisso.
 
santos filho em 12/12/2013 08:12:01
Nem cogitei a possibilidade de ir na noite de inauguração. Vou conhecer daqui uns meses, quando estiver funcionando melhor e sem filas, pois se ficar mais de 5 minutos pra entrar, vou pra outro lugar sem pestanejar.
 
Sergio Arantes em 12/12/2013 08:06:25
Minhas sinceras risadas! O brasileiro aceita tudo que jogam na cara dele. Tem que aprender a dizer NÃO. Olha, eu ja acho esse tipo de programa uma porcaria, mas quem gosta pelo menos tenha bom senso e escolha direito onde vai gastar seu dinheiro..
 
Willian Gomes Justi em 12/12/2013 08:04:48
Em geral, os donos das casas querem que tenha fila mesmo pra quem passar achar que a casa está lotada, esse é o esquema, mas o pessoal gosta é disso mesmo, e vai ser todos os dias assim...
 
Cassiano Jorge em 12/12/2013 07:56:11
Que isso gente? vcs nunca assistiram filmes americanos? aqueles em que tem fila enorme pra entrar na boate e os VIP's passam na frente? evoluímos galera estamos iguaizinhos!! KKKKKKKKKKKKKKKKKKK.
 
joao de deus em 12/12/2013 07:49:22
COM TUDO ISSO POR RESOLVER E AINDA CONSEGUIRAM ALVARÁ DE TUDO QUANTO É LUGAR PARA PODER FUNCIONAR, ELEVADOR EMPERRADO? CONVERSA FIADA!! IMPRESSIONANTE!! AGORA MAIS TROUXA AINDA É QUEM FICA NA FILA ESPERANDO MAIS DE DUAS HORAS!!! KKKKKK!!!!
 
CARLOS DAMASCENO em 12/12/2013 07:44:15
Isso tem nome, chama-se Imbuste, por parte dos organizadores, dao ares gigantescos a coisas pequenas, fazem isso pra dar a impressão que a coisa é boa, é cobiçada e que todo mundo quer. Infelizmente, isso é mau de campo-grandense, que aceita esse tipo de imposição por parte dos outros. Pois deveria ser boicotado esse espaço, dopara mostrar que aqui tbm somos exigentes e que merecemos ser bem atendidos, pois pagamos caro por esses eventos. Agora imaginem isso no sábado, como vai ser? Vamos Boicotar Pessoal. Assim eles vao nos respeitar, pois se permitirmos que eles já comecem assim, imaginem como seremos tratados por eles no futuro?
 
Antonio Carlos em 12/12/2013 07:34:18
A prefeitura de Campo Grande sempre careceu de uma organização com definição áreas de localização para o comércio. Permitir a abertura desta casa na entrada de um bairro, na frente do principal parque da cidade, aparentemente, é o caos. Sobre o tema da reportagem, garotada se permitir a ficar até duas, três horas...é muita bobagem...digna de risos...heheheh
 
Fabiano Silva em 12/12/2013 07:32:10
Lixo, é o único nome que consigo dar, fiquei por mais de 3 horas em pé na fila, depois fui embora, decepcionada, uma total falta de organização, lugar apertado demais para Campo Grande. Enfim, só copiou e mudou o local dos quais já existem.
 
Juliana Moreira em 12/12/2013 07:22:21
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.