A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

19/11/2012 21:35

"Salmão na Laranja" é o vencedor do Bar em Bar

O prato campeão foi servido no Crhis Sushi, que concorreu contra outros 14

Nícholas Vasconcelos
Na final, público pode experimentar os petiscos do Bar em Bar de Campo Grande. (Foto: Pedro Peralta)Na final, público pode experimentar os petiscos do Bar em Bar de Campo Grande. (Foto: Pedro Peralta)

O prato Salmão na Laranja, do restaurante Chris Sushi foi o grande vencedor do festival “Bar em Bar é 10”, que escolheu entre 14 pratos o petisco preferido do campo-grandense para acompanhar o fim de tarde.

Veja Mais
Sashimi abrasileirado ao sabor da laranja
Receita espanhola leva presunto curado por 24 meses

O festival, promovido pela Abrasel (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes de Mato Grosso do Sul), escolheu o tira-gosto no valor de R$ 10, mas o vencedor foi a cultura de bar de Campo Grande. O presidente da Abrasel, Rúbio Sérgio destaca que o “Bar em Bar” é promovido em 14 Estados e que a vinda dele para Mato Grosso do Sul movimentou a noite de Campo Grande. “A proposta era fazer os bares e restaurantes ficarem movimentados e nós vimos isso, além da movimentação nas redes sociais, na votação”, destacou.

A movimentação foi boa para quem está há pouco tempo na cidade e conseguiu atrair mais o público, tanto para comer o petisco oferecido quanto os outros pratos e bebidas, como explica o gerente do Real Botequim, Rafael Oliveira, bar que está há seis meses na Capital. “Trouxe um público novo, com um aumento de pelo menos 30% para o nosso movimento”, explicou.

“A pessoa sentava na mesa e pedia o nome do prato do festival”, contou o empresário Eduardo Fornari, do Vermelho Grill.

O prato que ficou com a segunda posição foi o Croquete de Jamón, servido no Tapas Bar, enquanto em terceiro ficou o Pastelzinho Arretado, do restaurante Fogo Caipira.

Prato elaborado pelo restaurante Chris Sushi venceu o concurso Bar em BarPrato elaborado pelo restaurante Chris Sushi venceu o concurso Bar em Bar
Anúncio do prato foi nesta segunda-feira, no Real Botequim. (Foto: Pedro Peralta)Anúncio do prato foi nesta segunda-feira, no Real Botequim. (Foto: Pedro Peralta)

A proposta de bares oferecendo petiscos com preço de R$ 10 atraiu não só quem é da Capital, mas também fez sucesso entre os turistas. “Os hóspedes nos procuraram porque queriam fazer o roteiro de bares que participavam, movimentou quem estava aqui”, contou o presidente Leonardo Lorenzetti, da ABIH (Associação Brasileira da Indústria Hoteleira).

Entre os itens avaliados, estavam a apresentação do prato, a proposta e também o atendimento, que é uma crítica constante em alguns bares e restaurantes da cidade. “Nós queríamos avaliar como os garçons estavam preparados, se atendiam bem aos clientes, se falavam do festival”, explicou a analista do Senac, Rachel Torok, que junto com Leonardo foi uma das integrantes do júri técnico.

“A gastronomia é fundamental para agregar valor para as nossas visitas, para quem visita a Capital”, detalhou a presidente da Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul, Nilde Brum.

“Falam que Campo Grande não tem tradição de bar, que Cuiabá dá de 10 na gente, mas isso não é verdade porque a gente vê que Campo Grande é muito mais aprazível”, encerrou o prefeito Nelson Trad Filho (PMDB).




E verdade ainda existe muita desigualdade entre classes sociais, mas Brasil esta crescendo e dentro de muito pouco todos terao carro, casa e uma vida mas estavel e com nivel maior tanto de economicamente como intelectual, e isso e muito bom. Qto as barzinhos logo terao um novo por ai, e espero poder abrir ate tarde, trazendo um pouco da cozinha canaria e espanhola para todos campograndenses. Campo Grande e uma grande capital, e isso de comparar com outras cidades nao vejo logico., cada estado tem seu encanto, e temos a sorte de que MS e uma cidade linda e cada dia melhor cuidada, investir em segurança, limpeza, e dar oportunidade para que cada dia tenha mais opçao de trabalho para todos. Amo MS, e cada pessoa e um mundo, e sempre existira gente que ve so aparencia e esqueçe o resto. saludo
 
ROSANGELA BATISTA em 27/01/2013 16:04:18
Campo Grande, ame-a ou suma daqui!
 
Romildo Franco em 21/11/2012 16:07:20
Rafael, Vinícius ...........
Que pena, fiquei triste com seus comentários, mesmo entendendo e aceitando, com certeza vocês devem falar o que vivem no dia a dia, na noite!!!!!

E que eu amo essa cidade, há 10 anos moro aqui, sou imensamente feliz, apesar das minhas dores-problemas, coisas da vida de qualquer um

Para mim aqui é o ceu na terra, amo muito essa cidade
Mas como nao sou frequentadora da noite, nao posso falar nada, mas espero sim, que todos aqui se conscientizem e sejam educados e acolhedores para com o próximo

Paz e bem, saúde a todos
 
Divina Lemos em 20/11/2012 19:58:03
Você tem toda razão, Rafael Santos!
A grande maioria do povo do Mato Grosso do Sul são fechados, desconfiados, metidos, arrogantes e não tem a mente aberta. Eu nasci aqui e moro aqui, mas Graças a Deus tenho uma mente aberta, se eu tiver uma oportunidade algum dia de me mudar daqui, não vou pensar duas vezes em vazar dessa fazenda linda que é habitada por caipiras ignorantes e estúpidos. Uma pena para a cidade!!!
Gente, viaje conheça outros estados, cidades vocês vão perceber a grande diferença de cultura, pessoas e ter uma análise do quanto as algumas pessoas precisam evoluir intelectualmente e espiritualmente!
 
Vinicius Junqueira em 20/11/2012 14:53:52
Senhores que criticam tanto Campo Grande, devem mudar-se logo para Cuiabá! Se lá é tão bom assim. Os campograndenses são gente fina, educada e trabalhadora! Uma das cidades mais lindas do Brasil, com atrativos.
 
Elaine Marques Zuffo em 20/11/2012 13:43:35
Tenho que concordar com Francesca Araújo e Rafael Santos, o campograndense tem muito o que conhecer de bares e vida noturna, uma outra opção de bar é o Atelier Bar 103, incluindo cultura, que é o que esta faltando.
 
Marcia Lobo em 20/11/2012 12:54:21
Rafael Santos falou tudo.
 
Marcelo Souza em 20/11/2012 11:20:00
Parabéns para o restaurante.
 
katia maria de oliveira freitas em 20/11/2012 10:16:36
SUGESTÃO: Por que não lançam um livro de receita dos petiscos com o nome e endereços do bares em questão.
 
Gilberto Weiler em 20/11/2012 09:46:48
Não concordo com o Prefeito. Realmente Campo Grande não tem mesmo tradição de bares, nem se compara a Cuiabá que tem vida noturna de domingo a domingo. Haja visto que durante a semana em Campo Grande, não conseguimos encontrar um bar decente depois da 00:00. Só houve esse movimento todo devido ao Festival, caso contrário, os bares estariam na mesma.
 
Francesca Araújo em 20/11/2012 08:15:11
O problema de Campo Grande não são os barzinhos, o problema dessa cidade são os campograndenses mesmo. Acham que são alguma coisa. Só pq moram em bairro bom e tem carro novo acham que são ricos. Aqui tem a cultura de pouquissimos ricos, o resto é gente tentando se passar por rico e conviver no meio deles. Mentalidade pequena. o Povo cuiabano é hospitaleiro. Vc pode ir no melhor bar da cidade que vc será bem recebido e sairá com amigos de lá, sendo rico ou pobre. Aqui as pessoas olham primeiro sua marca de roupa e o carro que vc tem. Tudo aparência, a maioria com busca e apreensão no carro e cartão estourado para comprar roupa.
 
Rafael Santos em 19/11/2012 23:30:54
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.