A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

04/01/2011 15:31

Sindicância considerou "acidente de trabalho" primeira fuga de onça do Cras

Aline Queiroz

A sindicância instaurada para apurar a primeira fuga da onça-pintada do Cras (Centro de Reabilitação de Animais Silvestres), ocorrida em 29 de outubro, terminou sem punições. O animal já fugiu novamente, dois dias após ser recapturado.

De acordo com o coordenador do Centro, Elson Borges, as investigações levaram a crer que foi um acidente de trabalho o que motivou a fuga do felino.

Nova sindicância foi aberta para apurar se houve negligência ou erro nos procedimentos adotados no Cras, de onde a onça fugiu pela segunda vez no dia 30 de dezembro.

O animal reapareceu em busca de comida e caiu em uma das armadilhas colocadas. Dois dias depois, a onça conseguiu destruir a cerca da jaula onde estava e desde então não é mais vista.

Desde que o animal escapou, o único trabalho para tentar recuperar a onça se resume a armadilhas espalhadas pela reserva do Parque dos Poderes.

Segundo o coordenador do Cras, Elson Borges, primeira fuga de animal foi considerada acidente de trabalho.Segundo o coordenador do Cras, Elson Borges, primeira fuga de animal foi considerada acidente de trabalho.

Eficaz-O chefe substituto do Cenap (Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Mamíferos Carnívoros), ligado ao Instituto Chico Mendes, Rogério Cunha, acredita que esta seja a medida mais eficaz para tentar localizar o animal.

“Se o bicho está presente, se tem rastros se intensifica a busca, mas, se sumiu e não sabe para onde foi é o melhor”, argumenta Rogério.

Ele acredita que a onça não oferece risco à população e ressalta que ela ficou durante quase dois meses solta e não atacou seres humanos.

Entretanto, Rogério reforça que a situação exige cuidado. “Não dá para falar que não oferece risco algum mas não é alerta, toque de recolher”, completa.

Superlotação- Rogério conhece o Cras de Campo Grande e garante que o local tem estrutura.

Entretanto, pondera que, assim como em outros centros do País, o problema do Cras é a superpopulação.

Quando a onça foi recapturada, o secretário de Meio Ambiente, Carlos Alberto Negreiros, deu entrevista sobre o assunto. Hoje, foi procurado via assessoria de imprensa, mas não houve retorno.

Ao ser indagado esta manhã sobre o assunto, o governador André Puccinelli (PMDB), disse ter a expectativa de que a onça-pintada seja logo "reapresentada".

Homem é esfaqueado em Batayporã
Um rapaz de 23 anos foi esfaqueado ontem por volta das 19 horas (02), na vila Maria Gonçalves, em Batayporã, cidade distante 311 quilômetros de Campo...
Jovem é ferido por três tiros na cidade de Dourados
Trio com quem a vítima brigou no dia anterior é suspeitoElton Gonçalves Lins, 27 anos, foi ferido por três tiros, no peito, abdômen e braço. O crime...



Bom dia, eu gostaria de saber do Sr. Rogério se a proposta do CRAS não é re-condicionar os animais para devolve-los ao seu habitat natural, pois se a proposta é esta, qual a razão de mandar a onça ,quando e se esta for localizada, a um zoologico ao invés de condiciona-la a viver na selva onde é o seu lugar, agora se a proposta do CRAS é pura e simplesmente recolher animais machucados ou deslocados de seu meio, trata-los e mandar para zoologicos, esta correto o envio do mesmo para um zoologico e esta incorreta a criação de um orgão que na verdade tira o animal da natureza e o recoloca em zoologicos.
Obrigado
Max
 
MAXIMILIANO NAHAS em 05/01/2011 10:28:27
Quem manda e desmanda é o Ibama.
 
Marcos José em 05/01/2011 02:44:38
Conheço o trabalho que é realizado no CRAS e com certeza foi uma fatalidade essa onça ter fugido novamente,a primeira vez que ela fugiu foi durante seu transporte,essa segunda vez foi devido a uma falha da tela.Imprudência e irresponsabilidade por parte do coordenador e funcionários com certeza não foi....torcemos para que ela "volte" logo e fica ae o convite para a população ir visitar,conhecer o trabalho que é realizado no CRAS (Centro de Reabilitação de Animais Selvagens) Muitos desconhecem inclusive sua existência.Vale a pena conferir.
Abraços e boa sorte na recaptura da onça fujona.
 
Ricardo Guerra Vieira em 05/01/2011 01:06:05
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions