A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

06/02/2012 19:50

Estudo ainda vai definir quantas vagas de estacionamento terá Aquário

Jeozadaque Garcia

Local já está com 28% das obras concluídas; engenheiro diz que estudos ainda são feitos para definir quantidade de vagas

Segundo engenheiros, parte da frente do Aquário terá estacionamentos; número, porém, não está definido. (Foto: Marlon Ganassin)Segundo engenheiros, parte da frente do Aquário terá estacionamentos; número, porém, não está definido. (Foto: Marlon Ganassin)

Problema antigo em diversos pontos de Campo Grande e dor de cabeça para os motoristas, o número de vagas para estacionamento segue indefinido no Aquário do Pantanal, em construção no Parque das Nações Indígenas. Hoje, obra está com 28% dos trabalhos concluídos e tem previsão de término para o segundo semestre de 2013.

Segundo o engenheiro Paulo Leandro Ruiz Cândido, responsável pela obra, um estudo já vem sendo feito para tentar aproveitar a parte da frente do Aquário, que hoje tem cerca de 250 metros. Um estudo do tráfego na Avenida Afonso Pena também será levado em conta.

“Conforme a obra anda, alguns estudos são feitos. Ela tem um alcance muito grande. Toda a área da frente será de estacionamento e haverá ainda vagas para ônibus de visitantes. A acessibilidade também será lembrada”, comenta.

Na semana passada, em visita ao local, o governador André Puccinelli (PMDB) pediu ao secretário de Planejamento, Carlos Alberto Negreiros Said de Menezes, atenção especial ao estacionamento.

“O trabalho é dinâmico. Temos que ver a dimensão da obra. Talvez, por exemplo, precise até mesmo comprar um terreno na frente para fazer estacionamento”, complementa.

Segundo ele, na elaboração da proposta inicial do estacionamento, feita pelo arquiteto Ruy Ohtake, foi usado o fluxo de veículos atual no Parque das Nações Indígenas.

“Hoje, temos que ter um levantamento de quanto o turismo em Mato Grosso do Sul vai crescer para definir estratégias. São elas que vão definir o número de vagas”, finaliza.

Engenheiros aguardam estudos para definir número de vagas nos estacionamentos. (Foto: Marlon Ganassin)Engenheiros aguardam estudos para definir número de vagas nos estacionamentos. (Foto: Marlon Ganassin)

Andamento - O cronograma da obra é seguido à risca, segundo o engenheiro Domingos Sávio de Souza Mariúba, fiscal da Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos). “Hoje 152 pessoas trabalham na obra. O número pode chegar a 400 na fase final da construção”, salienta.

Até o momento, já foram feitas terraplenagem, fundação e parte da construção já está concluída. O processo de importação de alguns materiais, como acrílicos para os tanques, metais e filtros, já está sendo feito. As quatro escadas rolantes e os seis elevadores, fabricados no Brasil, também já foram providenciados.

Parte da terra que foi retirada durante a terraplenagem foi ou será reaproveitada nas construções. Além disso, ainda conforme Mariúba, o estudo ambiental da obra também é cumprido pelos técnicos.

“Todos os resíduos são controlados e o reaterro vem sendo feito. Toda a água da chuva é contida para não descer até o lago”, comenta.

A obra deve consumir, até o final, 14 mil m³ de concreto, 1,4 milhão de quilos de aço e 130 mil m³ de terra, aplicados nos quatro níveis.

Obras seguem o cronograma à risca e devem terminar no segundo semestre de 2013. (Foto: Marlon Ganassin)Obras seguem o cronograma à risca e devem terminar no segundo semestre de 2013. (Foto: Marlon Ganassin)

O aquário - Com 24 tanques de aquários e aproximadamente 6,6 milhões de litros de água, o aquário terá 18,6 mil m², o equivalente a duas vezes o tamanho da Praça Belmar Fidalgo.

Quem visitar o aquário encontrará 7 mil animais em exposição, subdivididos em mais de 200 espécies (peixes, invertebrados, répteis e mamíferos). Além da exposição, o espaço terá lanchonete, biblioteca, auditório com capacidade para 250 pessoas e centros de pesquisa.

Em um dos seis tanques externos, o projeto inclui ainda flutuação para os turistas. Biólogos irão estudar ainda se um dos aquários poderá ser usados para mergulhos.

Cada aquário será batizado com o nome de um rio que compõe a Bacia Hidrográfica do Rio Paraguai.

“É uma obra diferenciada. O principal será o turismo científico, da atividade econômica e desenvolvimento social que vai trazer. Um taxista, pode exemplo, terá que falar, pelo menos, o idioma espanhol”, finaliza Mariúba.

TCE divulga primeiro relatório de fiscalização no Aquário do Pantanal
População pode acompanhar os relatórios através do site do TribunalO Tribunal de Contas do Estado já disponibilizou em seu site na Internet (www.tce...
Empresa garante que materiais de obra do Áquario do Pantanal são de qualidade
Acidente de trabalho aconteceu ontem, ferindo dois funcionáriosA empresa Egelte Engenharia emitiu nota de esclarecimento sobre o acidente de trabalh...



O estacionamento e muito simples basta fazer um predio de uns 10 andares para os carros, assim com em outros paises. tem lugar que tem um predio com mais de dez andares. para estacionar os carros
 
thiago souza em 07/02/2012 12:19:50
Oswaldo Jr sei uma piada mais antiga: Quer posto de saúde? Vai ver arara!!!
Ná época a praça das araras foi muito importante, pois foi retirado um posto de saúde para a construção da tal praça!
"Quem disse que MS não mantem as tradições" (isso também é uma piada)!!!!
 
Tasso Guerra Junior em 07/02/2012 11:35:36
Quando pensamos que já vimos de tudo nessa vida, somos surpreendidos. Governador, a maior parte dos funcionários públicos (leia-se "concursados") recebem um salário que mal paga as compras do mês e tampouco oferecem uma vida digna aqueles que dedicam suas vidas para o desenvolvimento do Estado. Esperamos contar com seu bom senso no dissídio este ano.
 
Thomas Thurbando Pinto em 07/02/2012 10:46:30
Obra interessante, mais como diz a piada, em Campo Grande é assim, precisa de médico, vai pro aquário!!!!
 
Oswaldo Junior em 07/02/2012 09:35:05
Caro Domingos, Tasso e os demais de gostam de criticar. Que os seus olhos admirem aquilo que hj vc fala mal, pois tenho certeza que vcs serão os primeiros a visitarem e dizer que a Capital sulmatogrossense merece uma obra dessa envergadura.
 
WAGNER DE SOUZA em 07/02/2012 04:18:40
Mais uma palhaçada...."íiii onde vai ser o estacionamento ? " pergunta o Chefe. "é memo, não é de vê que esquecemos" responde o grande engenheiro. Cara, os cabeças pensantes esquecem que aqui em Campo Grande-Ms, é a capital que mais tem carro Novo, tô falando só os NOVOS. Fontes de pesquisa diz que de cada 10 moradores , 6 tem carro próprio. É... vai ser mais uma fonte de renda deles....
 
Nathan Cavalheiro em 07/02/2012 04:11:33
nossa a copa que vai perder ta mais rapido que os estadios e o hrms!!!!!!
 
DOMINGOS SAVIO em 06/02/2012 09:21:52
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions