A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

15/12/2015 12:46

Três homens são presos pela PMA acusados de pesca predatória

Renata Volpe Haddad
Jaú, cachara, carcaças de pescados e tarrafas, foram apreendidos na noite de ontem. (Foto: Divulgação)Jaú, cachara, carcaças de pescados e tarrafas, foram apreendidos na noite de ontem. (Foto: Divulgação)

Três homens com idades de 49, 44 e 40 anos foram detidos por pesca predatória e por estarem pescando com tarrafa, petrecho proibido, próximo à região da corredeira do Morcego no rio Aquidauana, em Piraputanga, distante 130 de Campo Grande,

Veja Mais
PMA recolhe jaguatirica encontrada morta após ser atropelada na BR-267
PMA apreende carretas com carga de agrotóxico e multas somam R$ 140 mil

Policiais Ambientais de Aquidauana realizavam fiscalização na noite de ontem (14) e surpreenderam os indivíduos, sendo que dois deles, tentaram fugir.

Um exemplar de peixe da espécie Jaú, medindo 52 centímetros, foi apreendido no local. A medida de captura para a espécie é de 95 centímetros. Pesando 5 kg, um exemplar de cachara também estava com os homens.

No fundo de uma residência, onde estavam os veículos dos infratores, a PMA apreendeu 8 kg de filé de peixe e mais duas tarrafas, ao lado de carcaças de pescado, dos quais havia sido extraído o filé.

Os infratores residentes em Campo Grande, receberam voz de prisão e foram encaminhados, juntamente com material apreendido, à delegacia de Polícia Civil de Aquidauana, onde foram autuados em flagrante por crime ambiental de pesca predatória.

A pena para este crime é de um a três anos de detenção. Também foi feito um auto de infração administrativo e aplicada multa de R$ 980 contra cada autuado. O pescado será doado para instituições filantrópicas depois de periciado.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions