A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

14/12/2014 07:00

Pedestre morre ao ser atropelado por jovem sem CNH na Av. Gunter Hans

Renan Nucci

Paulo Pereira, 52 anos, morreu após ser atropelado por uma moto no final da noite de ontem (13), em Campo Grande. O fato ocorreu na Avenida Gunter Hans, região do Jardim Centenário.

Veja Mais
Mulher é esfaqueada por marido e filha morre em acidente ao visitá-la
Número de acidentes aéreos cai em MS, mas já foram 7 casos em 2014

Segundo o boletim de ocorrência, ele transitava pela calçada, quando ao adentrar à via, foi colhido por uma Honda Biz pilotada por Jéssica Priscila Ferreira Roberto Siqueira, 22 anos.

Com o impacto, os dois envolvidos se feriram. Eles foram socorridos e levados para a Santa Casa, mas por volta da 1h desta madrugada, Paulo não resistiu e morreu.

Jéssica continua no hospital. De acordo com a polícia, a jovem não possui carteira de habilitação e o documento da moto está atrasado. O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), como homicídio culposo na direção de veículo automotor.

Mulher é esfaqueada por marido e filha morre em acidente ao visitá-la
Um ex-detento de 30 anos foi preso ao tentar matar a esposa a golpes de faca. O fato aconteceu na noite de ontem (10), em Eldorado, a 450 quilômetros...
Bandidos rendem mulheres, roubam carro e sofrem acidente na perseguição
Dois homens armados invadiram uma casa e roubaram um automóvel Volkswagen Gol na noite de ontem (09), no Bairro Vilas Boas, em Campo Grande. As vítim...



De que adianta mais pessoas ligadas à fiscalização de trânsito, Gda Municipal de Trânsito.
Por mais pouco que seja o tempo que eles estão em atuação, a população está observando que eles( Gda Munic.) patrulham somente a área central da cidade.
Por que não fiscalizam, ou seja, escalam eles para o final de semana?
 
Lucatop em 14/12/2014 10:20:25
A PM e a Agetran são co-responsáveis por essas mortes: motoristas sem CNH, embriagados e com documentação atrasada só saem às ruas porque sabem que temos FISCALIZAÇÃO ZERO, e que o risco de ser abordado pela polícia é nulo. Tenho colegas de trabalho que dirigem há mais de 10 anos sem habilitação, nunca foram incomodados e sabemos que nunca serão! NÃO EXISTE EDUCAÇÃO NO TRÂNSITO SEM FISCALIZAÇÃO.
 
Luiz Pereira em 14/12/2014 09:36:02
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions