A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 20 de Setembro de 2017

22/09/2016 08:12

Liderando pela autoridade e não pelo poder

Por Flavio Melo Ribeiro (*)

As pessoas na sua maioria querem fazer parte de algo especial, seja no lazer, na família ou no trabalho. E não se alcança tal situação sem esforço e sem dedicação.

Isto aumenta a responsabilidade do líder, é primordial que as pessoas que exerçam algum tipo de liderança o façam exigindo excelência, para que as pessoas por ela lideradas façam o melhor de si.

Com o passar do tempo os liderados irão perceber que construíram algo significativo e vão se orgulhar disso. Ninguém sai melhor de um trabalho em que não lhe foi exigido nada, que não pode demonstrar o que sabe, nem precisou aprender nada para fazer o que foi solicitado.

É fundamental que se reconheça útil e muitas vezes realizadas. Nesse processo o líder pode utilizar a essência da liderança, que é fazer com que o liderado faça de BOM GRADO e MOTIVADO o que o líder deseja.

Para isso é fundamental utilizar-se da autoridade, do exemplo, do incentivo e evitar o poder de mando. É importante incentivar a utilização do conhecimento, da criatividade do liderado.

Primeiramente o líder precisa deixar de pensar nele primeiro para pensar no grupo, na missão da organização, nas tarefas, nas pessoas que compõem o grupo de liderados.

Se o líder não se doar, nem procurar atender as necessidades do grupo, não vai receber em troca o apoio e a dedicação das pessoas que ele lidera.

Que fique bem entendido, satisfazer as necessidades e não as vontades das pessoas que compõem o grupo, quer dizer, alcançar o que realmente falta para que as pessoas possam realizar as tarefas que lhes foi solicitada.

E principalmente elogiar quando os subordinados se saíram bem, para que estes possam se reconhecer como alguém que faz bem feito. Não há dúvida que é melhor liderar uma equipe que tem orgulho do que faz. 

(*)  Flavio Melo Ribeiro é psicólogo. 

A regulamentação do Lobby no Bra
Desde 1989 o Projeto de Lei do Senado que propõe regular a atividade de Lobby no Congresso Nacional, PLS 203/89 de Marco Maciel (DEM- PE), está no Co...
Desarranjo planetário
Enfrentamos um desarranjo global na gestão pública. Os líderes se afastam da ideia de que são responsáveis por imprimir melhora geral na qualidade hu...
Tudo pelo cliente
Muitas pessoas me perguntam como é o meu dia a dia, como é administrar uma das marcas mais valiosas e admiradas do Brasil. Posso dizer, sem falsa mod...
OMC: a derrota anunciada
Não deixa de ser curioso que, num momento em que a Organização Mundial do Comércio (OMC), com sede em Genebra, é dirigida pelo diplomata brasileiro R...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions