ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, DOMINGO  16    CAMPO GRANDE 28º

Cidades

Campo Grande está entre as 15 cidades mais inteligentes e conectadas do Brasil

Ranking Connected Smart Cities foi publicado pela Urban Systems e conta com outras cinco cidades do MS, entre elas Três Lagoas

Por Nyelder Rodrigues | 11/09/2020 18:15
Campo Grande é uma das melhores cidades em vários quesitos no ranking (Foto: Henrique Kawaminami/Arquivo)
Campo Grande é uma das melhores cidades em vários quesitos no ranking (Foto: Henrique Kawaminami/Arquivo)

Campo Grande foi colocada entre as 15 cidades brasileiros mais inteligentes e conectadas - ficando com a 14ª posição - e a segunda colocada do Centro-Oeste no Ranking Connected Smart Cities, publicado pela empresa Urban Systems para avaliar a capacidade e potencial de desenvolvimento dos respectivos polos urbanos do Brasil.

Em primeiro lugar aparece São Paulo (SP), enquanto no Centro-Oeste a ponta é ocupada por Brasília (DF). A nota entre as cidades 100 cidades posicionadas variou de 28,906 a 37,901 - nota de São Paulo. A nota da capital federal, oitava do país, foi de 35,361.

Já a capital sul-mato-grossense aparece com 34,002, poucos centésimos abaixo de Barueri (34,214). A cidade morena ficou à frente de cidades como Recife (PE), que teve índice 33,557, a catarinense Balneário Camboriú (33,449) e a paulista São José dos Campos (32,979). A terceira do Centro-Oeste no ranking é Palmas (TO), com 31,779.

"Dentre as melhores colocadas por região geográfica, novamente temos 4 delas entre as 15 melhores no ranking principal do recorte de urbanismo", frisa o relatório, que completa ainda que "Campo Grande (MS) destaca-se com investimento em urbanismo na ordem de R$ 356/habitante, aumento de 28% em relação ao ano anterior".

Ainda no quesito urbanismo, Campo Grande lidera no Centro-Oeste. Já no quesito governança, a cidade é a nona no ranking, batendo São Paulo, Florianópolis (SC) e Salvador (BA), por exemplo, e também liderando na região. Os destaques da Capital nessa área são os índices 9,5 na Escala Brasil Transparente e 0,88145 no Índice Firjan de Gestão Fiscal.

Por fim, Campo Grande também aparece bem quando o assunto é segurança. O ranking colocou a cidade na 18ª posição no país e em primeiro no Centro-Oeste. A maior curiosidade é que a segunda colocada aí é Corumbá, que ficou na 20ª nacional.

Mais cidades do MS - Além da Capital, mais cidades do Estado aparecem no ranking, inclusive o geral. Três Lagoas foi colocada na 84ª posição, com nota 29,295. A cidade aparece ainda entre as 100 principais nos quesitos urbanismo (99ª) e saúde (59ª).

As demais cidades sul-mato-grossenses não estão no ranking geral, mas aparecem no ranqueamento por quesito, como é o caso de Corumbá, que além de 20ª na área de segurança é ainda a 43ª em governança e 52ª em urbanismo.

Dourados também é citada na pesquisa, estando em 88º no quesito saúde e em 77º na área de governança. Ponta Porã foi a 26ª em urbanismo e Naviraí apareceu em 44º em educação. Nenhuma delas ficou à frente de Campo Grande, que teve entre seus piores desempenho o setor econômico, onde ficou com apenas a 92ª posição.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário