A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 22 de Agosto de 2019

14/08/2019 11:46

Dnit prevê investir até R$ 32,7 milhões para recuperar trecho da BR-267

Extensão começa em Casa Verde, distrito de Nova Andradina, e termina no entroncamento com a BR-163, em Nova Alvorada do Sul

Jones Mário
Trecho da BR-267 entre Nova Andradina e Nova Alvorada do Sul (Foto: Reprodução/Dnit)Trecho da BR-267 entre Nova Andradina e Nova Alvorada do Sul (Foto: Reprodução/Dnit)

O Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) abriu licitação para contratar serviços de recuperação e conservação de trecho de 124,3 quilômetros da BR-267 em Mato Grosso do Sul. As obras na rodovia, uma das principais de acesso a São Paulo, podem custar até R$ 32,7 milhões.

O trecho licitado começa em Casa Verde, distrito de Nova Andradina, e termina no entroncamento com a BR-163, em Nova Alvorada do Sul. Conforme edital, a contratação tem objetivo de manter a acostamentos e faixa de domínio em condições seguras de trafegabilidade.

Entre os serviços licitados estão a recuperação de defeitos no pavimento; manutenção da sinalização horizontal; limpeza e conservação da faixa de domínio, drenagem, defensas, guarda-corpos e caiação (pintura com cal); além de controle da vegetação. O prazo estimado de execução dos trabalhos é de 720 dias.

A licitação foi lançada na modalidade pregão eletrônico, com disputa marcada para 27 de agosto. A empresa que apresentar menor preço vence o certame.

No início de agosto, o Dnit contratou a Civilpav Construções LTDA para recuperação e conservação de outro trecho da BR-267, de 104,8 quilômetros, entre a ponte sobre o Rio Perdido e a fronteira do Brasil com o Paraguai, em Porto Murtinho. O vínculo foi orçado em R$ 12,7 milhões.

Em Mato Grosso do Sul, a BR-267 começa na divisa com São Paulo, em Bataguassu, e termina em Porto Murtinho.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions