A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 18 de Agosto de 2019

08/08/2019 15:37

Ministério da Educação diz que programas podem ter prazos prorrogados

PF já foi acionada para apurar instabilidade em sites do Prouni, Fies e no sistema de atualização do Bolsa Família

Marta Ferreira
O ministro da Educação, Abraham Weintraub, durante coletiva nesta tarde em Brasília. (Foto: Ministério da Educação)O ministro da Educação, Abraham Weintraub, durante coletiva nesta tarde em Brasília. (Foto: Ministério da Educação)

O MEC (Ministério de Educação) divulgou nesta tarde que, em razão da ação de criminosos virtuais, vai precisar prorrogar prazos de programas da pasta, como por exemplo o Prouni, que oferece bolsas de estudo no ensino superior, e o Fies (Fundo de Financiamento Estudantil), também destinado ao financiamento de faculdades.

Segundo nota do Ministério, a Polícia Federal foi informada dos “indícios de sabotagem em portais da Pasta”. Além do Prouni e do Fies, os problemas também foram identificados no o Sistema Presença, utilizado para pagamento do benefício do Bolsa Família. Só em Mato Grosso do Sul, são mais de 120 mil famílias beneficiadas.

De acordo com nota divulgada pelo MEC, os portais do ProUni e do Fies estão intermitentes, ou seja, em funcionamento parcial. O Sistema Presença chegou a ficar fora do ar, de 1º a 5 de agosto, mas já foi plenamente restabelecido, segundo o Ministério.

“Cada serviço que ficar fora do ar será prorrogado”, disse o ministro Abraham Weintraub, em entrevista à imprensa na sede do MEC, da qual também participaram o superintendente da Polícia Federal no Distrito Federal, Márcio Nunes de Oliveira.

Quando ? Ainda não há uma previsão de prazo para prorrogação. É necessário saber o tempo que cada sistema ficou afetado até o restabelecimento total dos serviços, de acordo com o que foi informado à imprensa.

O secretário-executivo do MEC, Antonio Paulo Vogel, afirma que a ideia é que as prorrogações sejam proporcionais ao tempo de instabilidade no serviço.

A Polícia Federal foi acionada nesta semana. Até o momento, não foi aberto inquérito. “Assim que analisarmos o material, veremos se haverá ou não abertura de inquérito”, disse o superintendente da PF no DF, Márcio Nunes de Oliveira.

Além dos serviços para a população, também foi afetado o Sistema Integrado de Monitoramento, Execução e Controle (Simec), principal ferramenta interna do MEC. “A equipe está trabalhando para restabelecer os serviços o mais brevemente possível”, disse o diretor de Tecnologia e Informação do MEC, Daniel Miranda Rogério.

Os prazos para a população em vigência são:

-ProUni: alunos matriculados em instituições de ensino superior têm até 30 de setembro para se candidatar às bolsas remanescentes. Para os não matriculados vai até 16 de agosto;

-Sistema Presença: o envio das informações pelas prefeituras pode ser feito até 23 de agosto;

-Fies: renegociação de dívidas pode ser feita até 10 de outubro.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions