ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SÁBADO  24    CAMPO GRANDE 26º

Cidades

Na semana mais mortal da covid no País, MS teve 16 óbitos em média

Em sete dias, o Brasil totalizou 7,6 mil vítimas pelo novo coronavírus; foram 118 no Estado durante o mesmo período

Por Guilherme Correia | 16/02/2021 10:05
Profissionais funerários, em Campo Grande, seguindo normas de biossegurança em decorrência da pandemia (Foto: Henrique Kawaminami/Arquivo)
Profissionais funerários, em Campo Grande, seguindo normas de biossegurança em decorrência da pandemia (Foto: Henrique Kawaminami/Arquivo)

Ao longo dos quase 12 meses da pandemia de covid-19 no Brasil, a semana entre os dias 8 e 14 de fevereiro foi a mais mortal, em média, já que o País registrou 1101,6 mortes pelo novo coronavírus por dia. Enquanto isso, em Mato Grosso do Sul, o índice foi de 16,9 vítimas fatais diariamente.

Comparando proporcionalmente ao total de habitantes, conforme estimativa do TCU (Tribunal de Contas da União), foi 0,5 morte por 100 mil habitantes brasileiros por dia. Já entre sul-mato-grossenses, o índice foi levemente superior, de 0,6 vítima/dia.

O recorde estadual, até o momento, se deu em entre 20 e 27 de dezembro, quando 25,4 morriam por dia em decorrência do vírus.

Acumulado - Comparando quantas pessoas já morreram pela doença em relação ao total de habitantes, Mato Grosso do Sul é o 12º estado em mortalidade em todo o País. É cerca de 1,13 vítima a cada mil moradores, enquanto o local mais crítico é Amazonas, com mais de 2 pessoas mortas a cada mil amazonenses.

Já em relação à letalidade - ou seja, a comparação de óbitos em relação ao total de infectados, o Estado é a 18º unidade da federação nesse quesito. Com 1,8% de taxa, é como se quase uma pessoa morresse em cada 50 doentes com covid.

O cenário mais preocupante, nesse sentido, é o Rio de Janeiro, com praticamente uma morte a cada 20 positivados para o vírus.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário