A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 19 de Outubro de 2019

31/07/2019 07:44

Polícia Federal cumpre mandado em Cassilândia na operação Lava Jato

A ação apura o pagamento de propinas disfarçadas de doações de campanha eleitoral realizada por empresas

Aline dos Santos
Ordens de prisão e busca são da Justiça Federal de Curitiba. (Foto: Divulgação)Ordens de prisão e busca são da Justiça Federal de Curitiba. (Foto: Divulgação)

A PF (Polícia Federal) deflagrou hoje (dia 31) nova fase da operação Lava Jato e cumpre mandado em Cassilândia, a 418 km de Campo Grande. Na 62ª fase, batizada de Rock City, a ação apura o pagamento de propinas disfarçadas de doações de campanha eleitoral realizada por empresas do Grupo Petrópolis. A cidade tem uma distribuidora do grupo.

Conforme o Estadão, o grupo teria auxiliado a empresa Odebrecht a realizar pagamentos ilícitos por meio de operações dólar-cabo. Essa é uma prática para lavagem de dinheiro por meio de transferência de valores ao exterior.

Na operação, 120 policiais federais cumprem um mandado de prisão preventiva, 5 mandados de prisão temporária e 33 mandados de busca e apreensão. As ordens são da 13ª Vara Federal de Curitiba (Paraná).

Além de Cassilândia, os mandados são em Boituva, Fernandópolis, Itu, Vinhedo, Piracicaba, Jacareí, Porto Feliz, Santa Fé do Sul, Santana do Parnaíba e São Paulo (todas no Estado de SP), Cuiabá (MT), Petrópolis e Duque de Caxias (Rio de Janeiro) e Belo Horizonte (Minas Gerais).

O Grupo Petrópolis, do setor de bebidas, a Odebrecht figuram em denúncia, no âmbito da operação Lava Jato, de “caixa 3”que envolve o deputado federal Vander Loubet (PT).

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions